Muitos turistas querem começar 2018 com sofisticação. A despeito da crise financeira, 71% dos quartos dos hotéis cinco estrelas da cidade já estão reservados para o réveillon, o que corresponde a um aumento de quase 20 pontos percentuais em relação ao índice registrado na mesma época no ano passado.

AVERA
 

Número de reservas em hotéis de luxo do Rio para o réveillon cresce em relação a 2016

13/12/2017

Muitos turistas querem começar 2018 com sofisticação. A despeito da crise financeira, 71% dos quartos dos hotéis cinco estrelas da cidade já estão reservados para o réveillon, o que corresponde a um aumento de quase 20 pontos percentuais em relação ao índice registrado na mesma época no ano passado.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ).

Nos hotéis três e quatro estrelas, as reservas para o período da festa da virada alcançaram um índice semelhante, 72%. Na mesma época do ano passado, a taxa era de 65%.

Para a presidente regional da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-RJ), Cristina Fritsch, o aumento da procura por hotéis de luxo no Rio pode ser explicado pela grande oferta de quartos, pela queda nas tarifas e pelos pacotes mais flexíveis (há mais opções para quem deseja poucos dias de permanência).

Brasileiros também estão viajando menos para o exterior e procurando melhores acomodações no principal destino do país, que é o Rio. Mais de 80% dos turistas que virão para o réveillon carioca são brasileiros. E vale destacar que quase todos os estrangeiros sairão de outros países da América do Sul - diz Cristina.

No somatório geral (hotéis, motéis e apart-hotéis), a ABIH-RJ contabiliza 72% de reservas para o réveillon.

Vamos aumentar esse índice. Brasileiro deixa tudo para a última hora - aposta Cristina.

Copacabana já se prepara para a festa da virada. Operários começaram a montar nesta segunda-feira um palco redondo em frente ao Copacabana Palace. De acordo com o presidente da Riotur, Marcelo Alves, tudo estará pronto no dia 29, quando terão início os festejos da cidade com um grande baile da Orquestra Tabajaras, que completa cem anos.

O palco ficará montado até 6 de janeiro, queremos emendar o réveillon com o carnaval. Ele vai se transformar num pandeiro para um encontro do samba com a música clássica - diz Alves. - Queremos que o turista que virá ao Rio para o réveillon prolongue sua permanência na cidade. No dia 7, já teremos carnaval, com blocos desfilando pelas ruas.

O palco de Copacabana terá 95 metros de largura e 40 metros de profundidade. Após a queima de fogos, haverá shows da cantora Anitta e das baterias da Portela e da Mocidade Independente de Padre Miguel, escolas campeãs do carnaval deste ano. Antes se apresentarão Frejat, Cidade Negra, Belo e Ana Petkovic. O cantor Naldo Benny, que teve sua apresentação cancelada depois de acusações de violência doméstica, não será substituído.


Fonte:: Redação