Copacabana terá o "Réveillon do Abraço"

26/11/2017


O réveillon do Rio terá novidades. O formato da festa foi anunciada nesta sexta feira pelo prefeito Marcelo Crivella, no Palácio da Cidade. A principal atração após a meia-noite será um show de Anitta.

Entre as novidades estão a instalação de 30 torres de som em toda a orla. O público poderá observar a queima de fogos, que terá cinco minutos a mais e vai durar 17 minutos, por 10 telões de Led
- Uma das novidades é que teremos drones sobrevoando as balsas para transmitir imagens dos fogos num ângulo que jamais foi mostrado - disse o cenógrafo Abel Gomes.

Outra atração será um show com baterias das 13 escolas de samba que desfilarão na orla no dia 6 de janeiro. Nessa apresentação, as escolas se dividirão em dois grupos. Parte virá do Leme e parte do Posto 6. Elas se encontrarão no palco que será usado no Réveillon, que será montado em frente ao Copacabana Palace. A Orquestra Sinfônica Brasileira também participará dessa apresentação.

O tema da festa de réveillon deste ano será "O Réveillon do Abraço", uma referência à canção que celebra o Rio de Janeiro na voz de Gilberto Gil.

- A infraestrutura foi ampliada. Este ano usaremos 30 torres de som contra 16 no ano passado. Também aumentamos o número de telões. Além dos dois localizados ao lado do palco teremos mais dez espalhados pela praia. A ideia é levar emoção para todo o público, independente da posição que a pessoa estiver nos três quilômetros de extensão da Praia de Copacabana na hora da queima de fogos - disse o coreógrafo.

Ao todo, o projeto prevê a instalação de seis postos de atendimento médico, um a mais do que no ano passado. Também serão instalados 500 banheiros químicos na orla.

O presidente da Riotur, Marcelo Alves, acrescentou que o custo do evento ainda não está fechado. Parte das despesas ficará com a prefeitura e parte com a iniciativa privada. Uma das definições será o pagamento do cachê de Anitta. A produção pediu R$ 200 mil, um valor que o presidente da Riotur considerou razoável até mesmo em comparação com outras atrações que já cantaram no Réveillon. Na virada de 2015 para 2016, Zeca Pagodinho se apresentou por R$ 800 mil.

- Ainda estamos fechando os contratos com a prefeitura. Mas o que apresentamos hoje já está garantido nesse megaespetáculo. Não só para o dia 31, como no dia 6 de janeiro. Anitta é nossa grande atração , tem projeção internacional - disse Marcelo Alves.

A cantora "participou" da coletiva através de um vídeo exibido pelos organizadores:

- Gente, nesse ano, no réveillon de Copacabana vai ser uma experiência maravilhosa, inesquecível na minha vida. Vamos fazer a maior festa de reveillon que o Rio já viu.

Além de Anitta, o elenco do réveillon de Copacabana inclui ainda: Dj Tucho, Ana Petkovic, Naldo Benny, Belo, Cidade Negra e Frejat. A festa termina com apresentações das baterias das escolas de samba Portela e Mocidade, vencedoras do último carnaval.

Anitta

Em relação aos fogos, a conta ficará com a SR Com, empresa de Abel Gomes, que ficou responsável por captar parte dos patrocínios, A produtora participou de um processo seletivo da prefeitura para escolher quem organizaria a festa. Há anos, Abel produz a festa da virada do ano. Em seu currículo, ele assinou por anos a cenografia da Árvore de Natal da Lagoa e participou da organização das cerimônias olímpicas e da infraestrutura dos palcos da Jornada Mundial da Juventude.
 

Fonte: Redação