Essa é uma semana importante para a AMPRO. E a garantia da continuidade do Wilson e do Celio à frente da Instituição me deu um grande alívio.

AVERA
 

Continuidade sim. Continuísmo é que não

05/12/2017

Essa é uma semana importante para a AMPRO. E a garantia da continuidade do Wilson e do Celio à frente da Instituição me deu um grande alívio.

Alívio que se consubstancia na continuidade de grandes e importantíssimos Projetos e pessoas, capitaneados e até imaginados por eles, como os (e as) do GEA e dos demais Comitês e das conquistas de espaço no mercado de mídia e Comunicação e na própria Política Nacional (legislativo e judiciário), relativas aos nossos mais legítimos pleitos.

Alguns tolos me perguntam como eu posso defender a continuidade na AMPRO e ser contra ela no âmbito da política nacional. É bem diferente, amigo, Explico:

Sou contra o continuísmo. Não sou contra continuidade.

Já sei, você quer que eu explique melhor. Então, veja a diferença:

Continuísmo.

Doutrina ou manobra política tendente à perpetuação, no poder, de uma pessoa ou de um grupo.

Continuidade

Qualidade ou caráter do que é contínuo. Propriedade que caracteriza uma função contínua.

Entendeu? Não fosse a continuidade de algumas gestões na AMPRO, nosso filme já estaria queimado. Elza Tsumori e Kito Mansano deram continuidade a trabalhos relevantíssimos na AMPRO. E não se pode omitir ou esquecer isso, sob pena de negarmos o passado que nos deu futuro e se fez presente.

Quando percebo que faltou trabalho numa gestão e o que ela quer é o CONTINUÍSMO, voto contra mesmo.

Mas, definitivamente, não é o caso da gestão que se apresenta para continuidade.

Estou junto, estamos juntos pelo Live Marketing, pelos profissionais e dirigentes de Agências, atuando, sempre que necessário, para corrigir erros, exigir transparência e ética.

Não nos interessam os piratas do mercado, nem os que saltam do barco, na primeira tormenta, oportunistas que são, para defender seus anseios e suas causas.

Que continuemos juntos, todos os amigos e parceiros dos dois últimos anos, num caminho cujo filme vai ficar bonito e ter sentido.

Até porque, não é preciso ser nenhum Rui Guerra para entender que erros de continuidade podem ser fatais para a película.

Você já viu o nosso filme? Queremos novos atores. Vem para AMPRO! E entenda porque, como dizem, e agem, muito bem Wilson Ferreira Junior e Celio Ashcar Junior #somoslivemkt.

Eu continuo aqui. Contem comigo!
 


Fonte:: Redação