Nosso único Jurado de Promo & Activation em Cannes, Celio Ashcar Junior, já disse em entrevista ao Promoview o que ele acha sibre as mudanças do Cannes Lions para 2018: “a mudança é positiva para o nosso setor e eu não sinto a exclusão de Promo & Activation como um encerramento.”

AVERA
 

Cannes mudou. Para melhor, para o Live Marketing

21/11/2017

               Tony Coelho

Nosso único Jurado de Promo & Activation em Cannes, Celio Ashcar Junior, já disse em entrevista ao Promoview o que ele acha sibre as mudanças do Cannes Lions para 2018: “a mudança é positiva para o nosso setor e eu não sinto a exclusão de Promo & Activation como um encerramento.”

Considerando que o que nos interessa, de fato, nas mudanças levadas a efeito em Cannes é a exlusão da categoria Promo & Activation e a criação da categoria Brand Experience & Activation, o que houve foi a percepção da importâncio do nosso Live Marketing.

Não nosso no sentido de que é o nosso nome aqui no Brasil, mas no sentido de que o pessoal do Cannes Lions sentiu que a Comunicação mudou e o Festival não acompanhou por muito tempo. Uma espécie de “mea culpa’’.

Portanto, ao nosso ver, também, ponto para o Live Marketing, o Marketing Vivo, o Marketing de Experiências e das Ativações, como queiram.

Quem perdeu mesmo foi a Publicidade e a Propaganda.

Veja algumas mudanças para 2018:

• Cada peça terá um limite para competir em apenas 6 Lions – até este ano, a inscrição era ilimitada;

• Remoção de 120 subcategorias;

• Um Grand Prix garantia 1 ponto para shortlist e 10 para Grand Prix, agora a escala é 1 ponto para shortlist e 30 para Grand Prix;

• Foram removidas as premiações Cyber Lions, Integrated Lions e o Promo and Activation Lions, que serão substituídos por Brand Experience, Creative E-commerce e Social and Influencer Lions;

• As peças de caridade serão julgadas e mostradas separadamente nas premiações;

• Serão, agora, 9 categorias: Reach, Communication, Craft, Experience, Innovation, Impact, Good, Entertainment e Health;

• Qualquer pessoa pode se inscrever para ser um palestrante no festival;

• Todas as agências que inscreveram 15 peças ou mais, em 2017, terão direito a uma entrada gratuita para o Young Lions - isso se repetirá todo ano;

• As premiações serão transmitidas ao vivo em telões espalhados por Cannes, incluindo um cinema aberto na praia. Também o serão pela Internet, nas maiores plataformas, gratuitamente, e ainda serão aumentados os números de seminários transmitidos online - também gratuitos;

• O Cannes Lions 2018 será realizado em 5 dias (de 18 a 22 de junho) - incluindo o Lions Health, Lions Innovation and Lions Entertainment;

• O pacote de benefícios exclusivos para delegados do evento terá taxa fixa de táxi para o aeroporto, preços de hotel sem aumento, wi-fi  gratuito para os delegados pelas praias e preços fixos nos menus de mais de 50 restaurantes.

E porque requentar a notícia?

Para chamar atenção de Prêmios, por aqui, que insistem em não se adequar à real.. Ora, se até as Agências de Comunicação já entenderam que as experiências de marca e ativações, ferramentas do nosso Live Marketing, são o que podem sustentá-las junto aos clientes, por que as premiações não se adequam?

No Brasil, nossa maior Premiação, que cresce sem parar, o AMPRO GLOBES AWARDS, já sente o grande númerto de inscrições de cases de Agências de Comunicação e de houses de Empresas de Comunicação, antigos redutos exclusivos da Publicidade.

Também serve de alerta às Agências de Live Marketing que insistem em se increver em premiações que não se atualizaram e que, por conta disso, amargam resultados injustos, pois são julgadas por quem nada entende, ou não quer enteder, de Brand Experience & Activation, além de perder dinheiro e credibilidade.

Façamos de 2018 o ano definitivo do Live Marketing, valorizando-o, tanto nos associando à AMPRO, nosso reduto, quanto lendo mais o Promoview, espaço democrático da verdadeira Comunicação Integrada, e estando todos juntos em Cannes e no AMPRO GLOBES AWARDS.

Ativem esse toque e vivamos nossa melhor experiência que marca.
 


Fonte:: Tony Coelho