Rancho Vô é eleito o melhor buteco do Brasil

14/08/2018


Chegou a hora de conhecer o MELHOR BUTECO DO BRASIL! A premiação foi realizada dia 23, no Museu da Casa Brasileira e revelou Rancho Vô, de Campinas, como o eleito do ano.

Essa é a terceira vez que o Comida di Buteco faz a eleição do Melhor Buteco do Brasil. Na primeira vez, em 2016, o eleito foi o Bar do David, do Rio de Janeiro e, ano passado, o Bar do Jão, de São Paulo. Agora foi a vez de Campinas, Belém do Pará e Nova Iguaçu serem colocadas definitivamente na rota da gastronomia de raiz.

Participaram do concurso 21 butecos distribuídos em 13 estados brasileiros. A mecânica foi a seguinte: cada um dos campeões regionais foi visitado por um corpo de três jurados que não
participaram das etapas locais, sendo um da própria cidade e dois de estados diferentes.

Eles avaliaram os mesmos critérios da etapa regional: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.

O Comida di Buteco, que tem a missão de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos tradicionais é o pioneiro e o único em todo o mundo a reconhecer um ícone da cultura local em abrangência nacional. Este ano em especial, diante de circunstâncias econômicas desfavoráveis, o Comida di Buteco contribuiu e muito para o bom desempenho dos participantes durante o concurso.

“Os números indicam que os butecos têm um incremento médio de 50% a 60% no faturamento durante o Comida di Buteco, o que é bastante coisa, especialmente, num momento tão difícil em nosso país”, diz Flávia Rocha, uma das organizadoras do Comida di Buteco. Em 2019, o concurso completará 20 anos e muitas novidades estão sendo desenvolvidas para essa comemoração.

As eleições locais deste ano atingiram 630 mil votos, um recorde e 21% superior à edição de 2017. Além disso, a cadeia de valor envolvida nos quase 600 butecos participantes atingiu R$ 210 MM no mês do concurso e contempla faturamento e compra de insumos dos butecos participantes e mídia espontânea registrada. Esse número representa um crescimento de 15% em relação ao ano passado.

Fonte: Redação Promoview.