A Vila Yamon segue o conceito co-bar (bar colaborativo) e vai oferecer opções para todos os gostos em uma das regiões mais tradicionais da capital.

 

Curitiba terá empreendimento com oito operações gastronômicas

28/11/2017

A tradicional Rua Itupava, uma das principais vias de acesso da cidade de Curitiba, ganhará um novo empreendimento no início do mês de dezembro: a Vila Yamon (Yamon é uma gíria de origem na Jamaica utilizada como sinal de concordância).

Com o conceito co-bar (bar colaborativo), muito difundido internacionalmente, o empreendimento, contextualizado pelos empresários Thiago Pissaia e Willy Pires Neto, vai reunir oito operações gastronômicas no mesmo espaço, dando ao público uma grande mescla de sabores marcados pela excelência, da comida japonesa aos drinks autorais.

Pensando em um público antenado nas principais tenências da culinária e que, principalmente, valoriza os bons momentos da vida, a Vila Yamon traz oito operações, algumas delas inéditas na cidade: Espaço Bodebrown, Vindega41, Lo Buda, Gin Time, El Toro Tapas, Fábrica Gourmet, King Temaki e Cookie Stories.

Propondo uma experiência completa, o empreendimento, que tem capacidade para atender 160 pessoas sentadas, não contará com garçons, fazendo com que os frequentadores circulem pela casa conhecendo todos os detalhes de cada operação. “Além disso, o conceito vai permitir que o público utilize, também, as áreas externas da casa e, até mesmo, a praça da Vila, uma característica que está fazendo muito sucesso entre os curitibanos”, comenta Thiago Pissaia.

A ideia é que a Vila Yamon se transforme em um ponto de encontro para quem procura, por exemplo, um lugar legal para o happy hour com os amigos, um espaço aconchegante para o encontro de casal ou, até mesmo, um endereço para uma refeição rápida. “Tivemos muito cuidado para selecionar operações de muita qualidade, que se completam e que trazem muita excelência para o empreendimento. Muitas delas já são conhecidas do público curitibano, o que nos dá ainda mais confiança no sucesso do projeto”, detalha Pissaia.

 


Fonte:: Redação