A ONG Habitat para a Humanidade e a Dow, empresa do setor químico, possuem uma parceria global de mais de 35 anos. Por meio dessa iniciativa, se dedicam à eliminação de todas as formas de moradia inadequada no mundo e auxiliam no fortalecimento das comunidades por meio de soluções sustentáveis.

Projeto leva melhorias habitacionais sustentáveis às famílias de Candeias

23/11/2017

A ONG Habitat para a Humanidade e a Dow, empresa do setor químico, possuem uma parceria global de mais de 35 anos. Por meio dessa iniciativa, se dedicam à eliminação de todas as formas de moradia inadequada no mundo e auxiliam no fortalecimento das comunidades por meio de soluções sustentáveis que proporcionam habitações mais seguras e saudáveis para viver.

No Brasil, o projeto 'O Futuro Começa em Casa‘ acontece na comunidade de Vila Esperança, localizada no município de Candeias (BA), onde está localizada a unidade fabril da Dow. Desenvolvida há 4 anos, esta ação beneficia prioritariamente famílias com crianças em idade escolar, chefiadas por mulheres ou que possuam uma pessoa portadora de doença agravada pelo ambiente, e que ganhem até três salários mínimos.

Dessa forma, as crianças melhoram seu rendimento escolar, têm reduzida a incidência de doenças causadas pela insalubridade do ambiente e têm seu desenvolvimento pleno acelerado.

Neste ano, as casas de 10 famílias poderão ainda ter mais iluminação natural, ventilação e conforto térmico, a partir da abertura de portas e janelas, elevação de paredes e das melhorias realizadas nos telhados, como conserto e troca de telhas e instalação do telhado branco. Também serão instalados equipamentos para economia de água, bem como captação e reaproveitamento de água da chuva. A previsão é que as reformas necessárias se encerrem até junho de 2018.

“Essas soluções podem trazer melhorias significativas para a vida dessas famílias que vivem em situação precária, que nem sempre podem realizar mudanças em suas casas, uma vez que não podem arcar com custos de mão de obra e de material de construção, já que algumas delas vivem com media de um salário por mês. Por isso, é fundamental o envolvimento de empresas como a Dow para viabilizar o projeto ”, afirma Socorro Leite, diretora nacional da Habitat Brasil.

“O estreito relacionamento da Dow com a comunidade local e o estabelecimento de parcerias estratégicas, como esta com a Habitat para a Humanidade Brasil, nos permite desenvolver e implementar ações que atendam às necessidades dos indivíduos, fortalecendo o diálogo e estimulando o desenvolvimento de ambientes cada vez mais sustentáveis e produtivos”, diz Diego Arango, líder da unidade da Dow em Aratu. “Acreditamos que as parcerias colaborativas são fundamentais para ajudarmos a solucionar os desafios de desenvolvimento da região ao mesmo tempo em que impulsionamos modelos de negócios e processos mais inovadores nas comunidades em que estamos inseridos”, completa.

Em 2016, o projeto mudou a vida de mais de 100 pessoas dessa comunidade, incluindo 46 crianças, e promoveu melhorias habitacionais em 37 moradias precárias e insalubres, em uma ação que contou com o apoio de 24 funcionários voluntários da Dow.


Fonte:: Redação