A partir desta sexta-feira, dia 1º de setembro, Goiânia se transforma na capital nacional da fotografia, com o Goyazes – Festival de Fotografia. Um circuito com dez dias de atividades marca o evento com exposições, palestras, leituras de portfólio, workshops e rodas de conversa com o público.

Festival Goyazes transforma Goiânia em capital da fotografia

04/09/2017

A partir desta sexta-feira, dia 1º de setembro, Goiânia se transforma na capital nacional da fotografia, com o Goyazes – Festival de Fotografia. Um circuito com dez dias de atividades marca o evento com exposições, palestras, leituras de portfólio, workshops e rodas de conversa com o público.

Uma prévia do festival está programada para esta quarta-feira, dia 30, às 18 horas, na Vila Cultural Cora Coralina. A entrada é gratuita. O Goyazes estenderá suas atividades até o dia 10 de setembro. Já as exposições abertas durante o circuito ainda ficarão em cartaz na Vila Cultural Cora Coralina até meados de outubro.

Com curadoria de Diógenes Moura, ex-curador da Pinacoteca de São Paulo, o festival terá a participação de alguns dos nomes mais destacados da fotografia brasileira, como Luiz Braga, Márcio Vasconcelos, Gilvan Barreto, Adenor Gondim, Ana Carolina Fernandes, Guy Veloso, Milton Guran, Ronaldo Entler e Mônica Zarattini.

A iniciativa é da WA Imagem, com patrocínio do Fundo de Arte e Cultura, da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), e incentivo cultural de outros parceiros.

Haverá também uma exposição paralela reunindo ensaios inéditos de oito fotógrafos escolhidos por meio de convocatórias destinadas a inscrições nacionais e estaduais e selecionados a partir de um júri criado especialmente para o festival. Durante os meses de maio e junho deste ano, o festival recebeu 509 inscrições: 461 provenientes de 16 estados brasileiros e do Distrito Federal, e outras 48 de Goiás.


Fonte:: Redação