Victoria’s Secret contrata sua primeira modelo transgênero

06/08/2019


A brasileira Valentina Sampaio fará parte da campanha de divulgação da linha de produtos Pink, que deve chegar às lojas da marca no fim de agosto.

victoria's secret modelo transA Victoria’s Secret enfim contratou sua primeira modelo abertamente transgênero. Erio Zanon, agente da brasileira Valentina Sampaio, confirmou à imprensa que a modelo assinou com a marca de lingerie e produtos de beleza para promover a sua linha Pink que deve chegar às lojas no fim deste mês.

As principais novidades do universo da propaganda estão aqui.       

Sampaio já havia feito no último fim de semana um conjunto de publicações em sua conta no Instagram usando hashtags e o perfil da marca – incluindo aí “vspink”, “campaign” e “diversidade” – junto da frase “Nunca pare de acreditar em seus sonhos.” para apontar a existência do contrato.

A entrada de Sampaio na campanha de divulgação da Pink acontece depois da Victoria’s Secret passar anos sendo criticada pela falta de diversidade na promoção dos ideais de beleza de seus produtos.

victoria's secret modelo trans

A situação só ficou mais crítica quando em novembro de 2018 o CMO da marca Ed Razek declarou à Vogue que não incluiria “transexuais” (um termo visto como ultrapassado pela comunidade LGBT+) nos desfiles porque “O show era uma fantasia” na forma de um “Especial de entretenimento de 42 minutos.”

Razek posteriormente usaria as redes sociais da empresa para emitir um pedido de desculpas, mas até lá as declarações já tinham feito seu estrago na mídia e entre o público.

Vale lembrar, também, que nos últimos tempos a companhia tem passado por uma pequena crise no mercado, a ponto de analistas afirmarem que a marca estaria caminhando para seu fim.

O desfile da Victoria’s Secret no ano passado atingiu sua menor audiência na TV desde o início de sua exibição em 1995, o que levou o CEO da da L Brands Inc. (dona da empresa) a encerrar o licenciamento do show para o meio televisivo.

De acordo com a CNN, embora Sampaio não tenha sido contratada para aparecer no desfile, sua inclusão no line-up de modelos destoa do fluxo tradicional da publicidade da Victoria’s Secret, que quase sempre optou por artistas brancas cisgêneros para divulgar seus produtos.

Fonte: Redação.

TAGs: diversidade publicidade victoria's-secret