O maior sonho de toda criança acaba de se tornar realidade: uma casa com mais de 25 milhões de pecinhas plásticas da LEGO na Dinamarca está disponível para pernoite através de concurso promovido pelo Airbnb.

Promoção da Airbnb pode te levar para uma mansão feita de LEGO

06/11/2017

O maior sonho de toda criança acaba de se tornar realidade: uma casa com mais de 25 milhões de pecinhas plásticas da LEGO na Dinamarca está disponível para pernoite através de concurso promovido pelo Airbnb.

Você pode se sentar numa poltrona de LEGO em cima de um tapete de LEGO, olhando para uma colorida parede de LEGO enquanto faz carinho num gato de LEGO.

A promoção inclui, além da estadia, um almoço servido por dois robôs da LEGO: o primeiro trará seu pedido montado com pecinhas do brinquedo e o segundo trará a versão comestível.

Depois disso, você e seus amigos poderão subir na Árvore da Criatividade, montada com mais de 6 milhões de tijolos coloridos. A Galeria das Obras-Primas, também atração da casa, traz esculturas em LEGO feitas por fãs do mundo inteiro. As atividades ainda incluem a Zona de Experiência, onde você vai poder criar sua própria animação LEGO e criar carros robóticos.

O quarto, composto com sofás, lâmpadas, despertador, televisão e carpete construídos inteiramente em LEGO, contém uma cascata de paralelepípedos plásticos de 6 metros de altura.

Para participar do concurso, basta responder à pergunta: "Se você e sua família tivessem um carregamento infinito de tijolos LEGO, o que gostaria de construir?" As respostas serão aceitas até as 23:59 do dia 16 de novembro de 2017 e a mais criativa será escolhida pela equipe do Airbnb. A resposta, além de genial, deve ser entre 50 a 500 caracteres e pode estar em inglês, francês, alemão, espanhol, italiano, russo, sueco ou dinamarquês. Para respostas em chinês (simplificado ou tradicional), japonês, tailandês, malaio, indonésio e coreano, o limite de caracteres é de 100 a 300.

A pessoa que vencer o desafio vai ganhar passagem de avião de sua cidade até a Dinamarca. 


Fonte:: Redação