Durante a “Conferência Anual da Família de Arenas Allianz” foram divididas práticas entre países com estádios nomeados pela seguradora e definidas estratégias para os próximos anos.

Allianz Parque sedia conferência internacional sobre naming rights

07/11/2017

Entre os dias 15 e 17 de outubro aconteceu no Allianz Parque a “Conferência Anual da Família de Arenas Allianz”. O encontro, que iniciou com o show do Paul McCartney, reuniu heads de Market Management e de arenas e foi marcado pela intenção dos gestores dos oito países onde a Allianz tem estádios batizados em continuar a explorar os modelos atuais de eventos, mas, principalmente, diversificar cada vez mais a natureza e os formatos dos entretenimentos acolhidos, aproveitando as plataformas globais da empresa ou criando outros que atinjam o seu público-alvo. 

"Somos parceiros de campeonatos de drones e de robôs, então temos ativos a oferecer", afirmou Jean-Marc Pailhol, head global de Gestão de Mercado e Distribuição, que veio especialmente da Alemanha para a conferência. O Allianz Parque deve sediar corridas como essas já em 2018. “Das arenas nomeadas pela Allianz, a brasileira é a mais eficiente, com o maior número de eventos recebidos. Um exemplo do que queremos fazer nas demais”, completou Pailhol.

O Allianz Parque é tido como referência na família de arenas da Allianz, seja pelo seu projeto arquitetônico, operação, resultados atingidos desde o anúncio do naming rights e por ser, de fato, uma arena multiuso e por isso recebeu a conferência.

“A Allianz Brasil apresentou às demais unidades do Grupo como o Allianz Parque é usado em ações de relacionamento, geração de negócios, endomarketing e, sobretudo, o que representa para a marca”, contou Eduardo Grillo, diretor Comercial e Market Management da Allianz Seguros. Por exemplo, de 2013 para 2014, ano de inauguração do Allianz Parque, o conhecimento de marca no Brasil subiu 22%. E estudos de reputação da Allianz indicam um ganho, após o movimento da arena, superior a 15%. “A capacidade do Allianz Parque em receber eventos dos mais variados formatos e com diferença de alguns dias impressionaram os heads de Market Management e gestores de arenas e incentivaram esses executivos a alavancar suas parcerias locais”, completou Grillo. 

O Grupo Allianz é especialista em criar identificação com o público de um jeito não tradicional, o que inclui o marketing esportivo por meio de naming rights. A seguradora começou a investir nesse modelo de negócios há 15 anos, quando batizou o Allianz Arena, na Alemanha. E foi o seu sucesso que incentivou a nomeação de outros sete locais em países estratégicos à companhia: Allianz Park (Inglaterra), Allianz Riviera (França), Allianz Stadium (Austrália), Allianz Parque (Brasil), Allianz Stadion (Áustria), Allianz Stadium (Itália) e Allianz Field (Estados Unidos).


Fonte:: Redação