O MIAU, Museu da Imprensa Automotiva, primeiro do gênero no mundo, já está aberto ao público. Localizado no bairro da Vila Romana, em São Paulo.

Primeiro museu de imprensa automotiva do mundo é inaugurado em São Paulo

04/11/2017

O MIAU, Museu da Imprensa Automotiva, primeiro do gênero no mundo, já está aberto ao público. Localizado no bairro da Vila Romana, em São Paulo, conta com acervo de mais de dez mil itens, incluindo press-kits, catálogos, pôsters, manuais de proprietário, fotos em papel e negativos, revistas, livros, jornais, anuários, memorabilia, máquinas de escrever, câmeras, gravadores de áudio e vídeo etc.

Dividido em uma área permanente e outra temática, a primeira exposição do MIAU abre as comemorações dos 50 anos do Chevrolet Opala. Ali um veiculo Comodoro ano 1988 em estado de 0 KM serve como sala de cinema para que os visitantes do museu assistam a documentário que retrata a história do modelo, primeiro automóvel fabricado pela General Motors no Brasil, em 1968.

Em sua exposição permanente o MIAU conta a história da imprensa automotiva brasileira desde seu princípio, em 1911, quando foi publicada a Revista de Automóveis, do Rio de Janeiro.

A área mostra materiais originais distribuidos pelas montadoras para jornalistas especializados durante o lançamento de importantes modelos para o mercado nacional, a exemplo do Fiat 147, em 1976, o Ford Corcel II, em 1977, o Volkswagen Gol, em 1980, o Chevrolet Kadett, em 1989, e muitos outros. Até agora este material jamais havia sido mostrado para o público em geral.

Dentre os itens raros, destaque  ainda para a coleção de edições número 1 de diversas publicações automotivas como Quatro Rodas, Motor 3, Carro, Grand Prix, 0 KM, AutoData, O Mecânico, Car And Driver e Vida na GM, de 1949. Há também exposição de manuais do proprietário de raridades nacionais como Willys Itamaraty, Chrysler Esplanada GTX e DKW Candango, entre muitos outros.

O MIAU conta ainda com biblioteca, hemeroteca e 'releaseteca', com centenas de itens de diversas épocas, marcas e modelos, todos de livre consulta.

Para conforto dos visitantes, que usualmente passam o dia ali manuseando o material e enriquecendo sua cultura automotiva, o museu conta com o Café do MIAU, com diversas opções no menu -- que, aliás, também é temático.  De bebidas a petiscos, todos os itens fazem referência ao mundo dos carros, batizados  com nomes que homenageiam  personalidades do jornalismo automotivo, carros nacionais clássicos e afins.

O fundador do MIAU é Marcos Rozen, jornalista automotivo que, diante de dificuldade para obter materiais antigos para produção de reportagens de cunho histórico, há cerca de 15 anos passou a formar acervo a respeito. Com o passar do tempo essa coleção foi amplamente enriquecida por colaborações de outros jornalistas e interessados na área e, hoje, 75% do acervo do MIAU é formado por doações.

Contando com o patrocínio da Audi, o MIAU funciona de quarta a sábado das 11h às 19h (entrada até 18hs) e aos domingos das 11h às 17h (entrada até 16h). Para marcar sua inauguração há promoção para os ingressos: o benefício da meia entrada vale para todos os visitantes, que, assim, pagam apenas R$ 15. A promoção é por tempo limitado e os ingressos podem ser obtidos diretamente na entrada do museu, que aceita cartões de débito e crédito.


Fonte:: Redação