O COI (Comitê Olímpico Internacional) anunciou a ruptura de seu patrocínio com McDonald’s nesta sexta-feira (16). O fim da parceria se deu ‘de mútuo acordo’ como parte de um plano global da rede, que estava com o comitê desde 1976 (41 anos).

McDonald's não é mais patrocinador do Comitê Olímpico Internacional

19/06/2017

O COI (Comitê Olímpico Internacional) anunciou a ruptura de seu patrocínio com McDonald’s nesta sexta-feira (16). O fim da parceria se deu ‘de mútuo acordo’ como parte de um plano global da rede, que estava com o comitê desde 1976 (41 anos).

Em um comunicado, o diretor de marketing do COI, Timo Lumme, disse que: “No atual panorama de negócios, de tão rápida evolução, entendemos que o McDonald’s quer buscar novas prioridades”.

De acordo com o COI, os detalhes do rompimento são confidenciais e os termos financeiros foram estipulados por ambas as partes. O McDonald’s foi um dos responsáveis pela criação do programa TOP (The Olympic Partner), que reúne os principais patrocinadores do comitê com exclusividade nesse mercado. A última renovação aconteceu em 2012 e é válida até 2020.

O COI ainda não tem planos de se associar a outra empresa relacionada aos serviços de alimentação e vai revisar seus planos, segundo o comunicado. O McDonald’s, apesar da ruptura imediata, vai continuar sendo patrocinadora local para a Coreia do Sul, nos Jogos de Inverno de PyeoungChang 2018.

O COI tem 12 patrocinadores: Coca-Cola, Atos, Dow, General Electric, P&G, Samsung, Visa, Bridgestone, Panasonic, Toyota, Alibaba e Omega.

 
 


Fonte:: Redação