Aventura, escalada, viagem e estilo de vida. Assim Guilherme Simões e Juliana Tozzi levarão sua história ao MIT Point na próxima quinta-feira, dia 9/11.

MIT Point terá palestra sobre montanhismo adaptado com o casal do Montanha para Todos

08/11/2017

Aventura, escalada, viagem e estilo de vida. Assim Guilherme Simões e Juliana Tozzi levarão sua história ao MIT Point na próxima quinta-feira, dia 9/11.

“A Juliana é a primeira cadeirante montanhista do Brasil e temos alguns feitos bem legais para apresentar para o pessoal”, garante Guilherme.

O casal escala desde 2006, mas uma síndrome degenerativa rara, que começou em 2015, fez com que Juliana perdesse o movimento das pernas e ter dificuldades de fala. Mas o sonho de continuar escalando não parou e Guilherme desenvolveu uma cadeira adaptada, apelidada de Julietti, para levar a esposa aos mais diferentes lugares.

“Estamos nos preparando para uma grande aventura que começará em junho de 2018: iniciaremos uma viagem de volta ao mundo que levará cinco anos. Subiremos montanhas pelos sete continentes em família e moraremos a maior parte do tempo no carro”, afirma ele. O casal tem um filho de dois anos, Benjamin.

Em julho, o casal planeja chegar ao cume do Monte Acotango, na divisa entre Bolívia e Chile. Se conseguirem, Juliana será a primeira cadeirante do mundo a subir uma montanha com mais de 6.000 metros de altitude.

Mas não são só as conquistas pessoais que motiva o casal. A ideia da viagem é distribuírem as cadeiras Juliettis em vários lugares. “Queremos que qualquer pessoa com mobilidade reduzida possa praticar atividades outdoor sem custo algum”, explica.


Fonte:: Redação