Montadora não renova patrocínio mesmo após seleção brasileira garantir lugar na Copa do Mundo da Rússia 2018

Chevrolet deixa patrocínio à CBF e title sponsor do Brasileirão

18/05/2017

Quem foi aos jogos da primeira rodada do Brasileirão notou a ausência da Chevrolet em placas e faixas no meio do gramado. A montadora deixou de ser a detentora do title sponsor da competição.O espaço, que era ocupado desde 2014, por ora, não tem sucessor.

Com a não renovação do acordo, a Chevrolet também deixou de ser uma das patrocinadoras principais da CBF. Permanecem nesse grupo Nike, Itaú, Vivo e Guaraná Antarctica. A decisão acontece dois meses depois de a seleção brasileira garantir classificação para a Copa do Mundo da Rússia 2018.

A relação da Chevrolet com o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, teve início quando o dirigente ainda era mandatário da Federação Paulista de Futebol, patrocinada pela empresa. Quando Del Nero passou a ocupar a vice-presidência da CBF, a montadora passou a apoiar as federações pelo país. Entre 2013 e 2014, chegou a ser o title sponsor de 22 estaduais.

Em 2014, Del Nero foi eleito presidente da CBF, com 44 dos 47 votos. Participaram o pleito as 27 federações estaduais e os 20 clubes da Série A. A CPI do Futebol, no Senado, suspeitou que os contratos da Chevrolet teriam beneficiado a eleição de Del Nero.

Com o dirigente no cargo, a montadora mudou de estratégia, passando a patrocinar a CBF, a seleção brasileira e adquiriu o title sponsor do Brasileirão no lugar da Petrobras. Em seguida, deixou os estaduais. A confederação, por outro lado, rompeu anos de parceria com a Volkswagen.

Questionada  sobre sua saída do futebol, a Chevrolet enviou um comunicado, feito de maneira conjunta com a CBF, explicando a decisão.

“A Chevrolet e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicam o encerramento do contrato de patrocínio da seleção brasileira e do Campeonato Brasileiro de futebol. Esta parceria de sucesso começou em 2014. A Chevrolet acreditou na seleção e no trabalho realizado pela CBF de reconstrução da credibilidade do futebol nacional. Os resultados foram muito positivos, culminando com a classificação da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Missão cumprida, este ciclo se encerra com a necessidade da Chevrolet de readequar seus investimentos de marketing diante do cenário desafiador que vive a indústria automotiva no país.”


Fonte:: Máquina do Esporte