A linha de cachaças premium Reserva 51, produzida pela Companhia Müller de Bebidas, é campeã do Prêmio Grandes Cases de Embalagem 2017, na categoria “Impacto mercadológico”.

Reserva 51 recebe prêmio por impacto mercadológico

25/10/2017

A linha de cachaças premium Reserva 51, produzida pela Companhia Müller de Bebidas, é campeã do Prêmio Grandes Cases de Embalagem 2017, na categoria “Impacto mercadológico”.

Promovido anualmente pela revista EmbalagemMarca, a sofisticada e exclusiva bebida teve reconhecidos o design e estilo do material com que produzida.

O prêmio foi entregue em evento no Centro Universitário Senac, em São Paulo (SP), na noite de 17/10. A embalagem, pelo forte apelo visual e a opção de tornar a bebida um presente, teve estudo conceitual realizado pela Claessens Brand Design Specialists, conceituada agência para bebidas alcoólicas do mundo e adaptado pela agência W/Publi, sendo desenvolvida e fabricada pela Congraf Embalagens.

Desde o lançamento, a linha Reserva 51 é um produto reconhecido mundialmente pelas medalhas já conquistadas, como a medalha de ouro no Concours Mondial de Bruxelles 2014 Spirits Selection e prata no mesmo concurso, em sua edição Brasil em 2015.

Além disto, recebeu a medalha de prata no International Wine & Spirit Competition e foi eleita a quinta melhor cachaça do Brasil no 2.º Ranking da Cúpula da Cachaça e do caderno Paladar, promovido pelo jornal O Estado de S. Paulo, em 2016.

Produzidas com um rigoroso controle de qualidade, iniciado desde a escolha de mudas de cana-de-açúcar com características especiais até o seu armazenamento, a linha Reserva 51 tem tiragem limitada.

Em detalhes: a Reserva 51 Única é uma cachaça extra premium 100% envelhecida em barris de carvalho americano usados por uísque bourbon; já a Reserva 51 Rara é uma cachaça extra premium 100% envelhecida em barris de carvalho americano e finalizada em barris usados por vinho; e a Reserva 51 Singular é uma cachaça extra premium 100% envelhecida em barris de carvalho e amburana.

Produtora da Cachaça 51, maior marca brasileira global e a principal brasileira entre os destilados mais vendidos no planeta (de acordo com o ranking da revista The Millonaires Club 2017), neste ano de 2017 a Cia Müller atinge sua autossuficiência, com o controle pleno da qualidade da cachaça, ao atingir 100% de processamento de cana-de-açúcar plantada e colhida pela própria empresa, na região da Pirassununga (SP), com a previsão de processamento de 630 mil toneladas de cana, que será a maior da história da companhia.

 

 


Fonte:: Redação