A proximidade com os clientes e a oportunidade de criar experiências únicas com público, clientes e prospects tem sido investimentos mais recorrentes das marcas em tempos de instabilidade econômica. Esta é a conclusão dos especialistas que julgaram os trabalhos inscritos no Prêmio Caio 2017.

Eventos de Relacionamento ganham destaque na crise

13/11/2017

A proximidade com os clientes e a oportunidade de criar experiências únicas com público, clientes e prospects tem sido investimentos mais recorrentes das marcas em tempos de instabilidade econômica. Esta é a conclusão dos especialistas que julgaram os trabalhos inscritos no Prêmio Caio 2017, a premiação mais influente da indústria de Eventos e Turismo.

Na edição deste ano, a categoria com maior quantidade de trabalhos inscritos foi a de Eventos de Relacionamento, o que demonstra a força da ferramenta e condiz com as expectativas mais recentes do mercado divulgadas pela AMPRO – Associação de Marketing Promocional. O último estudo da Entidade apontou os Eventos em primeiro lugar no ranking de ações mais utilizadas por empresas de diversos segmentos econômicos no último ano.

Ligadas aos Eventos e também às Feiras de Negócios, no segmento de Serviços a categoria Cenografia foi a que recebeu mais trabalhos (41) no Prêmio Caio, e as categorias de Estandes, somadas, tiveram 78 cases inscritos.

"Os prenúncios de retomada dos negócios podem ser verificados no Prêmio Caio deste ano. As empresas utilizaram as principais ferramentas do live experience para promover o lançamento de novos produtos e o reforço de seu portfólio de prateleira", afirma o diretor do Prêmio Caio, Sergio Junqueira Arantes.

Em contraponto – e também como efeito da crise – as categorias Viagens de Incentivo Nacional e Internacional, que já foram recordistas de inscrições em edições anteriores da premiação, foram as que menos receberam trabalhos inscritos este ano, somando apenas 10 cases, contra 40 na edição de 2016.

"O incentivo, por ser uma ferramenta de mais largo tempo de maturação não se aproveitou da perspectiva de melhora dos negócios e da confiança dos empresários no futuro. Mas, certamente, em 2018 o incentivo volta com toda força, como indica pesquisa realizada pela Revista Eventos", complementa Arantes.

A edição de 2017 da premiação somou 461 trabalhos pré-inscritos, com 370 aprovados para julgamento, de 77 empresas especializadas e fornecedoras para os mercados de Eventos e Turismo. Além dos melhores trabalhos, incluindo os destaques em sustentabilidade, o Prêmio Caio também reconhece os profissionais que contribuem para o desenvolvimento do setor no país.

Os finalistas das 36 categorias receberão os Jacarés de Ouro, Prata ou Bronze durante a “Noite do Jacaré”, como é conhecida a cerimônia do Prêmio Caio, marcada para o dia 12 de dezembro, no Expo Center Norte, em São Paulo. 

Confira a lista dos premiados em Eventos e Serviços, por ordem alfabética, no site: http://premiocaio.com.br/premio_lista_finalistas_2017.asp.


Fonte:: PUBLIEDITORIAL