Notice (8): Undefined offset: 0 [APP/Controller/NoticiaController.php, line 20]
Campo Grande e o lindo Sol do live marketing

Campo Grande e o lindo Sol do live marketing

27/10/2015


Estive em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, numa sequência de palestras para universidades, no Live Marketing nas Universidades, e para uma especial para o mercado local, pela Ampro, falando, claro, do que mais gosto: o live marketing.

Mais uma vez, consolidou-se em mim uma percepção que trago de muito: há grande talento, inteligência criativa, opções de mercado e gente live especialíssima fora do eixo Rio- São Paulo.

Foto: Divulgação.

Mais que isso, há um mercado potencial ávido com conteúdo de qualidade e respeito profissional. Foi com essa mentalidade que chegamos lá.

O Promoview foi um dos apoiadores do encontro com o mercado e ver sua marca lá, junto com a da Ampro, só reforçou minha vontade de fazer bonito. Mas não sabia o que esperar.

Campo Grande não é uma incógnita total para mim, já havia estado lá, num misto de visita técnica e de lazer, quando a Revista Eventos me convidou para avaliar as possibilidades da Cidade e de Bonito realizarem eventos.

Visitei, na época, hotéis e lugares turísticos da cidade como o Museu Dom Bosco, Parque das Nações Indígenas, a Estação Ferroviária, Lago do Amor... e vou ficar por aqui, porque a cidade é cheia de lugares lindos, e, melhor, pessoas bonitas, por dentro e por fora e vale ser visitada.

Mas, sem dúvida, o Sol se pondo ao longo da Afonso Pena é dos espetáculos mais lindos que já vi. Um Sol que durante o dia castiga com seu calor, à tarde se redime como em uma ópera romântica que convoca ao lago que tem nome de amor.

E lá estava eu, convidado pela Juliana Ottoni, da Target, amiga querida e parceira de Ampro, com a missão de apresentar o Live, não só para as agências do mercado, mas para uma plateia diversa e inteligente com profissionais de Publicidade e Propaganda, profissionais de mídia, gente do governo, estudantes e professores, todos com uma grande expectativa que trazia mais responsabilidade a mim.

A missão parecia difícil, afinal, ali havia um mercado novo, onde o Live ainda não chegara de verdade. Havia dúvidas quanto a relação dele com a Publicidade, do que trazia para a mídia tradicional, do que podia agregar na formação dos profissionais. Muitas dúvidas a sanar.

Como apresentar cerca de 40 ferramentas, explicar a atividade e amainar toda essa expectativa em uma palestra de pouco mais de uma hora?

Mas eu Juliana, Alexa e Monica estávamos dispostos a fazer isso mais que apresentando o Live em palavras, mas em ação. Eu, no palco, nas palestras, Juliana na arregimentação das pessoas e profissionais e Alexa e Monica no respaldo e parceira que redundou, segundo os comentários, um momento ímpar com um flashmob no início do encontro e um coquetel entre food trucks e toda gente conversando e interagindo num network de mesa de bar.

Mas tivemos ainda um trunfo forte: O Papo de Job, blog da querida Larissa Lopes, que, tal qual fada madrinha, nos abençoou na divulgação local, com seu espaço mais que importante. Ela estava junto, sempre agregando, acrescentando e sancionando.

Daí, as coisas ficaram mais fáceis.

Quando conheci, numa reunião, o pessoal do mercado, as meninas superpoderosas de Campo Grande, isso mesmo, um time maravilhoso de produtoras e gestoras das principais Agências Live do mercado, eu tive a certeza de que estava no lugar certo, e na hora certa.

Percebi nos olhos delas o brilho dos vencedores, na beleza, o espelho de uma linda cidade, nas palavras, a determinação de guerreiras, e, no carinho, a certeza de que a nossa palestra teria êxito. Elas me deram a força que faltava (eu sempre tenho das mulheres a força que preciso.)

E assim foi.

Tive em Campo Grande uma das semanas mais importantes da minha vida, uma das mais felizes, das mais inspiradoras.

Evitei citar nomes até aqui porque se o fizesse, certamente, teria que fazer o mais longo texto da minha vida. Mas nomes como Camila, Cintia, Daniela, Dinho, Elaine, Isabella, Junior, Luana, Marcus, Miguel, Natalia, Pamella, Rodrigo... e tantos outros, que podia citar mas não sei ainda, podem ser a homenagem a mais gente que fizeram meus dias tão especiais.

O Promoview vai ter, com certeza, muitas matérias de Campo Grande sobre Live a partir de agora. Podem cobrar, galera.

Pra Larissa e Juliana, minhas parceiras queridas, mais que um beijo, minha reverência, eterna gratidão e carinho sem fim. E se tem duas frases que podem resumir o que senti de tudo isso, aí vão elas:

Campo Grande, não é grande só no nome. É uma mercado tão promissor que me arrisco a dizer que vai ganhar mais um nome – CAMPO GRANDE LIVE.

Ah, a outra? Fácil.

Eu vou voltar! Muitas e muitas vezes.

Dinho e Junior, preparem o Tererê!
 

Fonte: Tony Coelho.