O tempo e a vida vão nos mostrando nossas fragilidades e impotência ante ao que muitos chamam de destino. Na busca de prêmios, posição na empresa, destaque, dinheiro e outros lauréis, esquecemos que o sucesso só existe se estamos bem mental, física e espititualmente.
 

Nada como um encontro de amigos

31/10/2017

              Tony Coelho

O tempo e a vida vão nos mostrando nossas fragilidades e impotência ante ao que muitos chamam de destino. Na busca de prêmios, posição na empresa, destaque, dinheiro e outros lauréis, esquecemos que o sucesso só existe se estamos bem mental, física e espititualmente.

Tem gente que não entede o Live Marketing, pois vou explicá-lo da maneira mais simples: é o Marketing do que queremos na vida. Surgiu em contraponto ao Marketing e aos meios que nos impunham o que não queríamos, eis o Marketing que nos permite experiências de verdade.

O Marketing que não engana e exige verdade das marcas, a mesma verdade que esperamos dos outros. Vivemos os tempos do esquecimento dos amigos, tanto os que nos fazem viver, quanto os que nos vêm com a vida.

Se eram coisa pra se guardar, por que os esquecemos?

Trabalho? Amigos de oportunidade? Falta de tempo? Se suas desculpam passam por aí. Vou dizer: ou você é mentiroso ou um engodo como gente.

O trabalho não pode te afastar dos amigos porque trabalhar com inimigos deve ser muito ruim. Se seus amigos são de oportunidade, você fracassa como gente e como amigo e só busca neles o que eles não podem dar.

E se falta tempo.... vai sofrer muito no dia em que a palavra de uma amigo possa fazer diferença e você só receber o silêncio.

Alguém me disse que no nosso mercado não temos amigos, só concorrentes. Discordo. Quem enxerga assim é porque assim age.

Eu tenho muitos amigos nesse mercado e , por certo, por causa disso, me sinto feliz, acolhido, realizado e premiado. Nos momentos difíceis eles sempre aparecem.

Trabalhar com amigos é o máximo. Já confessei que todos os meus prêmios podem ser divididos com amigos produtores, criativos e atendimentos, porque sem eles o que eu faria?

Adoro o final dos eventos. Os encontros, abraços e os brindes, de amigos, dividindo o sucesso, porque não há fracasso no que é feito com amigos.

Você que não entendeu esse texto pode repensar como age. Dá tempo de resgatar os amigos.

Porque para estar vivo é preciso dividir experiências.

Isso é Live Marketing demais.

Ah, e se seus amigos te decepcionaram, esqueça! Porque inimigos não decepcionam jamais.

É só marcar um encontro que tudo volta ao normal.

E nada como um encontro de amigos, não é?


 


Fonte:: Tony Coelho