A Publicis Brasil anunciou que nesta sexta-feira  Hugo Rodrigues se desliga oficialmente da agência. Com 18 anos de casa, os últimos três como presidente, o executivo parte para novos desafios profissionais.

Miriam Shirley e Eduardo Lorenzi assumem Publicis

28/10/2017

A Publicis Brasil anunciou que nesta sexta-feira (27) Hugo Rodrigues se desliga oficialmente da agência. Com 18 anos de casa, os últimos três como presidente, o executivo parte para novos desafios profissionais. Com profundo conhecimento da cultura da agência e do negócio dos clientes, os até então vice-presidentes Miriam Shirley, de Mídia, e Eduardo Lorenzi, de Planejamento, assumem a função de copresidentes.

Miriam e Eduardo foram líderes-chave no processo de transformação que a Publicis vivenciou nos últimos anos. Acredito que eles estão perfeitamente preparados e que trazem a composição certa de competências para liderar a Publicis Brasil em sua próxima fase, garantindo que a agência siga na rota de forte crescimento em que se encontra. Agradecemos ao Hugo por todos os anos de contribuição para que a Publicis se tornasse uma das agências líderes de mercado e lhe desejamos sucesso”, afirma Justin Billingsley, Global Chief Operating Officer da Publicis Communications.

Os novos copresidentes, ao lado de Hugo, do CCO Domenico Massareto e do grupo de diretores de atendimento da Publicis, foram os líderes da transformação que a agência vivenciou nos últimos três anos, que incluiu a conquista de contas como Bradesco, Carrefour e Heineken.

Para Hugo Rodrigues, o processo de sucessão é muito natural. “A Miriam e o Eduardo são líderes talentosos, aguerridos e admirados pelo mercado. Saio feliz em saber que a Publicis é uma agência de líderes e que entre eles há dois que vão me suceder. Só tenho a agradecer a todos os colaboradores da agência, ao Arthur Sadoun, ao Justin e principalmente aos clientes pela oportunidade que me deram de desenvolver um trabalho tão relevante.”

Com mais de 20 anos de experiência nacional e internacional, Miriam Shirley assumiu o posto de VP de Mídia da Publicis em 2015. Na função, comandava uma equipe de 100 pessoas. A executiva, que concorre ao prêmio Caboré na categoria Profissional de Mídia, também foi eleita em 2017 Mídia do Ano pelo Estadão e representou o Brasil no Festival de Cannes. Entre os cases que liderou na Publicis, estão o da Black Friday Chevrolet 2016, premiado pelo Google por ter a maior variação em volume de buscas na categoria Automotivos, e a estratégia digital alinhada ao conceito “Pra Frente” de Bradesco, que colocou diversos vídeos da marca entre os mais vistos do YouTube, de acordo com o ranking YouTube Ads Leaderboard.

Em sua trajetória profissional, a executiva foi por oito anos diretora-geral de Mídia da Ogilvy & Mather, transitando entre o Rio e São Paulo. Antes, foi por seis anos diretora-geral e vice-presidente sênior da Starcom Worldwide na Cidade do México e passou pela Leo Burnett Chicago e a Leo Burnett Brasil.

Eduardo Lorenzi iniciou a sua carreira na Talent há 21 anos. Em seguida, foi para a Neogama/BBH, onde passou dez anos atuando como Head of Planning Latam até se tornar sócio da agência. Foi indicado três vezes a Profissional de Planejamento do Ano (em 2011 e 2015 no Caboré e em 2013 pela APP). Na Publicis, foi responsável por cases como o reposicionamento de Bradesco, o reposicionamento de Carrefour, a plataforma “Pessoas Reais, Opiniões Verdadeiras” (que ajudou a Chevrolet a alcançar a liderança de vendas), e “The Cliché” (o filme mais visto de todos os tempos na história da Heineken no mundo, também vencedor de três Leões em Cannes).

 Miriam Shirley e Eduardo Lorenzi 

Lorenzi integrou o júri dos mais prestigiados prêmios de estratégia e efetividade, como o Effie Brasil, o Effie Worldwide e o Jay Chiat Strategy Awards. Ele também foi presidente do Grupo de Planejamento entre 2011 e 2013 e membro do Conselho da instituição entre 2013 e 2017.

 


Fonte:: Redação