A tecnologia buscando novas formas de revolucionar a vida das pessoas. Foi com esse conceito que a Intel e o portal Razões para Acreditar se juntaram para lançar a ação “Tecnologia e Vida”, que vai explorar o tema por meio de, entre outras formas, experiências visuais.

Realidade Virtual ajuda idosos a reviver momentos e realizar sonhos

16/08/2017

A tecnologia buscando novas formas de revolucionar a vida das pessoas. Foi com esse conceito que a Intel e o portal Razões para Acreditar se juntaram para lançar a ação “Tecnologia e Vida”, que vai explorar o tema por meio de, entre outras formas, experiências visuais.

Um dos assuntos abordados é o impacto da tecnologia no tratamento de idosos. Três filmes foram criados a partir de uma visita a uma casa de repouso, onde os moradores foram convidados a utilizar o óculos de realidade virtual e se sentirem em locais que já estiveram no passado, ou sempre tiveram a vontade de conhecer.

“Experiências de realidade virtual exigirão alto poder de computação e a Intel está em uma posição de destaque para oferecer essas soluções. No caso dessa iniciativa, a sensação é ainda melhor porque vemos a nossa participação em uma tecnologia que pode, inclusive, ser um complemento para alguns casos de tratamento de saúde,”, disse Carlos Buarque, Diretor de Marketing da Intel.

A ação também terá um canal de conteúdo com informações sobre a importância da tecnologia no tratamento de doenças como o autismo, deficiências visuais e motoras, além da evolução da própria medicina em si.

“A tecnologia vai muito além das inovações do dia-a-dia. Ela tem uma capacidade terapêutica de reconectar as pessoas com ações e experiências humanas. O prazer de fazer esse projeto em parceria com a Intel, pesquisando e criando conteúdo, foi entender que a tecnologia está intrinsicamente ligada ao bem-estar das pessoas”, disse Vicente Carvalho, editor-chefe do Razões para Acreditar.

O canal entra no ar no dia 15 de agosto e receberá atualizações diárias durante dois meses. Confira o conteúdo no link: razoesparaacreditar.com/canal/intel/


Fonte:: Redação