A Nestlé é a marca Mais Amada de 2017. A gigante suíça do setor alimentício, vice-campeã em 2016, interrompeu uma sequência de vitórias de empresas automotivas, com Harley-Davidson e Ferrari vencedoras, respectivamente, nos anos de 2016 e 2015, no ranking desenvolvido pela Officina Sophia, empresa de consultoria pertencente à holding HSR.

Nestlé é a marca Mais Amada de 2017

19/05/2017

A Nestlé é a marca Mais Amada de 2017. A gigante suíça do setor alimentício, vice-campeã em 2016, interrompeu uma sequência de vitórias de empresas automotivas, com Harley-Davidson e Ferrari vencedoras, respectivamente, nos anos de 2016 e 2015, no ranking desenvolvido pela Officina Sophia, empresa de consultoria pertencente à holding HSR.

As marcas Swarovski (2º), Louis Vuitton (3º), Victor Hugo (4º), Sadia (5º), Havaianas/Ferrari (6º), Nike (7º), Lamborghini/Marc Jacobs (8º), MAC (9º) e Adidas/Harley-Davidson (10º) completaram o Top-10 na pontuação geral.

“A Nestlé é uma marca que trabalhou em diferentes aspectos consistentemente ao longo dos anos. A imagem da empresa destaca a dimensão do “Feita pra Mim”, além de trabalhar outros drivers do amor às marcas. Apresenta “Qualidade”, é “Humana” e ainda tem aspectos de “Admiração” que geram solidez”, ressalta Paulo Secches, presidente da Officina Sophia.

Nesta quinta edição do estudo, as marcas de grife voltaram a crescer entre as mais amadas, depois de registrarem o mais baixo índice médio de pontos (79), em 2016. Já em 2017, 47% das 20 marcas mais amadas são desse nicho, com pontuação média de 97.

Os novos resultados da pesquisa apontaram também maior relevância no driver “Feita pra Mim” na construção do amor às marcas. Considerando o Top-10 do ranking 2017, esse quesito está no topo, equivalendo a 46% da pontuação formada. O segundo aspecto mais importante responde por 22% na constituição do amor pelas marcas.

As marcas de massa apresentam forte conexão emocional com o consumidor, sendo percebidas em dois principais pontos: identidade com a marca e portfólio de produtos diversificado.

“Presentes nas primeiras posições do ranking junto com as marcas de grife, as marcas de massa figuram nessas colocações porque, entre os produtos que vendem no seu extenso portfólio, certamente existirá um de acordo com o desejo do consumidor, gerando o componente “Feita pra mim”, destaca Secches.


Fonte:: Assessoria