Um personagem inusitado, camuflado com o ambiente, movimentou a estação Carioca, do metrô do Rio de Janeiro, gerando interesse de quem passou por lá para usar o transporte público.

Ação no metrô camufla ator para alertar sobre doenças invisíveis

29/08/2017

Um personagem inusitado, camuflado com o ambiente, movimentou a estação Carioca, do metrô do Rio de Janeiro, gerando interesse de quem passou por lá para usar o transporte público.

Com direção de criação de Thomaz Munster, a ideia foi sensibilizar o público para o fato de que as Hepatites do tipo B e C são doenças silenciosas, sem sintomas. Assim como o artista, podem estar presentes sem a pessoa perceber.

A agência nova/sb assina mais esta ação e a reação do público está nas redes sociais do Ministério da Saúde.

Inspirados no artista japonês Liu Bolin, os criativos elaboraram uma campanha que tem como ícone personagens camuflados com a paisagem, representando essa doença invisível, mas tão presente.

Com o slogan "Hepatite B ou C. Não deixe que ela te pegue de surpresa", são representadas situações cotidianas como ir à manicure, fazer tatuagem, ter relação sexual, etc.


Fonte:: Redação