Zoo da Alemanha usa o Snapchat para mostrar o triste futuro das espécies

24/10/2019


Uma série de compartimentos vazios imaginam o futuro de animais, incluindo elefantes, tigres e crocodilos, onde eles só podem ser vistos em RA.

Uma instalação de realidade aumentada (RA) no zoológico da Colônia na Alemanha (Cologne Zoo), chama a atenção para a extinção de espécies, mostrando o que poderemos enfrentar se não apoiarmos projetos de conservação.

O melhor do marketing social está aqui.

Confira as últimas novidades sobre marketing digital aqui.

Nesta campanha conjunta, o zoológico de Colônia e o Snapchat também estão coletando doações para os projetos atuais de proteção de espécies no zoológico, para garantir que esse futuro não aconteça.

Para ilustrar melhor essa perigosa realidade, lentes de RA usando a tecnologia Marker, do Snapchat, foram especialmente desenvolvidas para o zoológico. Através das lentes, as pessoas poderão experimentar o 'zoológico do futuro' onde elas só conseguem interagir com os animais por meio de seus smartphones.

Até 28 de outubro, os visitantes do zoológico de Colônia terão a chance de descobrir instalações virtuais para os elefantes asiáticos em perigo, os tigres siberianos e os criticamente ameaçados de extinção: crocodilos filipinos, cujo apenas cerca de 100 animais ainda vivem em estado selvagem.

Para arrecadar mais dinheiro em busca de maiores esforços na conservação, a partir de novembro, essa lente será lançada, permitindo que todo Snapchatter na Alemanha visualize e interaja com as lentes dos animais, mesmo que não possam visitar o zoológico.

“Agradecemos ao Snap pela grande ação. Os zoológicos coordenam programas de criação de mil espécies diferentes em todo o mundo. Quase metade das espécies gerenciadas dessa maneira estão listadas como ameaçadas de extinção na Lista Vermelha da União Mundial de Conservação (IUCN)." afirmam os membros do conselho do Zoológico de Colônia, os professores Theo B. Pagel e Christopher Landsberg. 

"O objetivo é garantir populações geneticamente variáveis e viáveis em mãos humanas e disponibilizar animais para reintrodução sempre que possível. Este compromisso por parte de zoológicos em todo o mundo já permitiu espécies como bisontes, condores californianos, estorninho de bali, cavalos de Przewalski e antílopes de zibelina serem salvas da extinção." completam os professores.

Seja para se expressar, aprimorar seu ambiente e compartilhar com os amigos, ou experimentar o mundo de uma maneira única, o Snap sempre acreditou no poder da realidade aumentada para ajudar as pessoas a abordar questões complexas ou imaginar coisas de forma diferente e criar um impacto positivo no mundo. Essas lentes desenvolvidas especialmente para o zoológico de Colônia, são outro exemplo disso.

“Com essa lente, queremos mostrar às pessoas o futuro sombrio se o trabalho de zoológicos e esforços de conservação como os que apoiamos no zoológico de Colônia falharem e esses animais deixarem de existir.” disse Liane Siebenhaar, líder de estratégia criativa D-A-CH (Alemanha, Áustria e Suíça) da Snap Inc, que fez parte da equipe que trabalhou neste projeto na Alemanha.

“Como mãe, naturalmente me pergunto em que mundo quero que minha filha cresça. Um futuro em que você depende da tecnologia para ver animais que deveriam existir na vida real não seria a versão que eu escolheria.” conclui Liane.

Para apoiar os projetos de proteção de espécies do Zoológico de Colônia, as doações podem ser feitas pelo site.

 

Informações sobre o compromisso do Zoológico de Colônia com a conservação de espécies podem ser encontradas aqui.

 

Fotos: Renata Mesquita.

Fonte: Redação.

TAGs: alemanha marketing-digital meio-ambiente responsabilidade-social snapchat