Fluminense entra na luta contra o trabalho infantil

18/09/2019


Sem patrocinador principal, clube decidiu fazer uma ação de marketing social no Brasileirão.

fluminense logoA partida entre Fluminense e Corinthians, disputada no domingo (15), pelo Brasileirão, e que terminou com vitória dos cariocas por 1 a 0, foi transmitida na TV aberta pela Rede Globo.

O melhor do marketing social está aqui.

Leia também: Under Armour e Fluminense apresentam uniforme número dois.

Sem patrocinador master desde o encerramento abrupto do contrato com a Valle Express em agosto do ano passado, o Tricolor das Laranjeiras decidiu usar a visibilidade da transmissão para iniciar uma ação de marketing social.

A equipe carioca entrou em campo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, com a marca da campanha "Todos Juntos Contra o Trabalho Infantil" estampada na camisa e defendendo a erradicação da exploração de crianças e adolescentes.

fluminense trabalho infantil

A iniciativa, proposta pelo Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1), contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) e do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

Além dos dizeres, a camisa ainda traz um cata-vento de cinco pontas, que representa os cinco continentes e tornou-se ícone da luta pela erradicação do trabalho infantil no mundo.

Sempre em movimento, o símbolo representa "A sinergia e articulação de ações permanentes contra o trabalho infantil." Além disso, ainda remete "Ao sentido lúdico da alegria que deve estar presente na vida das crianças."

A campanha tem como objetivo a conscientização da sociedade no combate à exploração de crianças e adolescentes pelo trabalho. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2016, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 2,5 milhões de crianças e adolescentes, na faixa etária entre 5 e 17 anos, estão em situação de trabalho no Brasil.

A campanha estampará a camisa do tricolor carioca em todo o returno do Brasileirão. Durante este período, o clube ainda promoverá atividades em seus Centros de Treinamento para as categorias de base, com o objetivo de fortalecer a luta contra o trabalho infantil.

Vale lembrar que, de forma pontual, o Santos tem usado uma estratégia parecida durante a disputa do torneio. O clube paulista, que também está sem aporte principal desde a saída da Caixa no início deste ano, já estampou os logotipos de instituições como Graacc, AACD e WWF no espaço principal da camisa em jogos do Brasileirão.

Fonte: Redação.

TAGs: fluminense responsabilidade-social