O conceito de um espelho, um aplicativo e um iPad criou o Twitter Mirror, ação que propos desafios e permitiu tweetar os resultados em fotos, GIFs ou vídeos na conta de Doritos na plataforma.

Twitter comemora parceria com Doritos e Itaú no Rock in Rio

25/09/2017

Esta edição do Rock in Rio trouxe inovações significativas no campo das ativações de marca. Uma das principais foi o Twitter Mirror, ação que propõs desafios e permitiu tweetar os resultados em fotos, GIFs ou vídeos direto na conta de Doritos na plataforma.

A ativação foi um sucesso no estande da marca no Rock in Rio, com a participação de celebridades, e compos uma estratégia maior da empresa com a plataforma, incluindo hashtags especiais e imagens exclusivas do lounge do anunciante pedidas pelos usuários no Twitter.

Segundo Anna Carolina Teixeira, diretora de marketing de Doritos, é a primeira vez que a marca usa o Twitter como plataforma de impacto, o resultado foi extremamente positivo e a parceria deve continuar de forma perene mesmo com o fim do festival de música.

“O Twitter é quem domina a conversa do Rock in Rio. As pessoas querem acompanhar ao vivo, ter o dinamismo do que está ocorrendo e conversar, não só ver. Para um evento como esse não tem plataforma melhor para a gente estar, alocamos boa parte do nosso investimento no Twitter. Música é algo que a gente aposta como marca e não queremos estar só em eventos, mas criar uma linearidade na plataforma e trazer picos nos momentos importantes como Rock in Rio e Lollapalooza, por exemplo”, afirma.

A aposta tem respaldo: música é o tema mais comentado no Twitter globalmente. Desde o início de 2016, foram cerca de 2 bilhões de tweets sobre o assunto, sendo quase 350 milhões produzidos por brasileiros. Não à toa a rede social aposta no tema como território e oferece para as marcas uma estratégia que inclui audiência, conteúdo e expertise da plataforma.

Os anunciantes podem participar em três pontos: always on, a música no dia a dia; TV moments; e big events. “Os pilares são solução de entrega eficiente; conteúdo premium; e expertise do Twitter como suporte. Uma campanha convencional na plataforma tem até 100 variáveis; em always on, são mais de 20 mil. E a entrega é em tempo real”, diz Cadu Aun, diretor-comercial do Twitter Brasil.

O Itaú, que já utilizou essa estratégia antes, no Rock in Rio investiu na Niche, uma comunidade de criadores de conteúdo que encontra talentos diversos para criar sinergia entre as suas personalidades e as mensagens dos anunciantes. Segundo Thaiza Akemi, líder de Niche no Brasil, da intermediação do briefing ao relatório é feita pelo Twitter, com Niche, além de agências, anunciantes e produtoras.

“A identificação via campanhas com conteúdos originais faz com que a mensagem seja passada de forma natural e não como uma interrupção. Todo o conteúdo produzido por Niche pertence à marca e pode ser usado como ela desejar”, explica Thaiza.

Por oferecer uma linguagem menos publicitária e mais editorial, e agilidade de produção sem perder a qualidade, o trabalho com Niche foi comemorado, segundo Thiago Cesar Silva, gerente de marketing do Itaú. “Os formatos de mídia podem colaborar para os projetos criativos. Se os criativos entenderem esses formatos, isso vira um diferencial na campanha”, conta.

E para obter bons resultados, o planejamento e um trabalho em conjunto são essenciais, segundo a diretora de estratégia de marca do Twitter para o Brasil, Daniela Bogoricin. “O cliente entende do negócio; a agência, da comunicação; e a gente, da plataforma. O Twitter é uma fonte humana de insights. Atuamos como consultor e parceiro estratégico. É menos sobre um grande evento e mais sobre uma grande construção de marca na plataforma, antes, durante e depois”, conclui.
 


Fonte:: Redação