Veja as atrações que os principais patrocinadores vão levar ao festival que começa nesta sexta-feira (15).

Marcas disputam atenção do público no Rock in Rio

15/09/2017

Além de receber grandes astros da música, o Rock in Rio também é palco para a disputa de grandes empresas pela atenção do público. O festival chega à sua sétima edição no país como uma das maiores vitrines de exposição para marcas de diferentes segmentos. Elas farão de tudo para chamar a atenção dos fãs e terão atrações como tirolesa, torre de queda livre e shows de bandas de garagem com astros do rock.

O Rock in Rio é um importante evento no planejamento de marketing das grandes marcas no Brasil. Criado e realizado pelo publicitário Roberto Medina, o festival funciona com auxílio dos patrocínios e apoios para a viabilização dos shows.

Atuando como patrocinadora desde 2011, a Heineken chega a destinar ao festival 25% do seu investimento em marketing no ano. A primeira parceria aconteceu no momento em que Heineken decidiu montar um escritório, em 2010. Rock in Rio foi uma plataforma importante na divulgação e na experimentação da marca e absorveu quase todo o investimento do ano de 2011 em marketing.

Hoje o Rock in Rio é o maior patrocínio global da marca na área de música e considerado pelo time de marketing um evento com a mesma importância que a Champions League para a cervejaria.

"O festival serve de benchmarking para outros países. Temos times de marketing da Argentina e do Chile fazendo ações aqui no festival", declara Vanessa Brandão, diretora da marca Heineken.

Já a rede de fast food Bob's tem o festival como principal ação de marketing de 2017. A marca aumentou seu investimento no Rock in Rio em 20% na edição deste ano e alcançou a marca de R$ 12 milhões.

O retorno que os patrocinadores querem é se aproximar do público do festival, especialmente dos jovens, e associar suas marcas à música e ao Rock in Rio.

"A Coca está no Rock in Rio por ele ser um festival muito representativo, um dos mais organizados, e um dos maiores do mundo", afirma Luciano Lucas, gerente de experiência de marcas da Coca-Cola Brasil, que também destacou a diversidade de público - de famílias a grupos de jovens.

Para chamar a atenção, os patrocinadores lançam as chamadas ativações de marca antes e durante o evento. São brinquedos, stands, palcos, brindes, descontos, promoções, concursos, sorteios e prêmios dos mais variados.

Neste ano, as marcas têm buscado maior interação com o público do festival. A palavra mais comum entre os diretores de marketing é "experiência". Eles querem criar momentos especiais para os fãs de música - e, de preferência, associar sua marca a eles.

    "O banco quer oferecer a maior experiência para as pessoas que visitarem o festival", disse a diretora de marketing do Itaú, Andrea Pinotti.

Se antes a tônica era oferecer uma experiência fechada e planejada pelo setor de marketing, agora as empresas procuram dar estímulos para que as pessoas produzam seu próprio conteúdo atrelado à marca e ao festival e compartilhem a experiência nas redes sociais.

Confira o que os principais patrocinadores prepararam para o Rock in Rio deste ano:

Itaú

Itaú está no Rock in Rio desde a edição de 2011, mas será neste ano o patrocinador master do festival. Com a maior cota de patrocínio, a marca quer se posicionar como anfitriã do festival.

A marca vai distribuir 144 mil copos colecionáveis customizados para os dias do festival. Eles terão uma raspadinha e um cordão premiado, sendo que alguns serão premiados com experiências especiais, como assistir aos shows de lugares privilegiados, visitar os bastidores, ter acesso à área VIP ou ganhar ingresso para o dia seguinte.

O banco também terá um fone de ouvido gigante, criado para ser cenário de fotos dos fãs e estimular o compartilhamento de fotos no Instagram. "O Itaú quer ser um cenário para que as pessoas criem seus conteúdos mais diversos", aponta o head de planejamento da agência Tudo (responsável pela criação da ativação da marca), Gustavo Teixeira.

O banco terá ainda um playground, uma arena de música, que receberá shows e oferecerá pontos de recarga de celular, e uma tenda do Bike Rio no festival, dando a possibilidade do usuário do programa ir de bicicleta ao festival.

Coca-Cola

Depois de estar afastada do festival em 2015, a Coca-Cola volta este ano e tem como estratégia colocar o fã no centro de tudo e criar conexões entre ele e seu ídolo.

A marca montou um palco de 180m² com instrumentos musicais que receberá grupos de 50 pessoas para cantar as músicas das bandas que tocarão no dia e contará com DJs nos intervalos de cada grupo. Esse espaço também vai receber o cantor Di Ferrero, num momento em que ele vai chamar todos os seus fãs para cantar junto com ele.

A marca usará um espaço dentro da Rock Street Africa para promover a nova Fanta Guaraná, com degustação dos produtos.

A ideia é funcionar como uma área de descanso, com ambiente climatizado, cenografia que simula uma floresta tropical, além de pufes “de pedra” e refrigerante liberado. Diversos cipós pendurados com carregadores de celular estarão disponíveis para o público.

A Coca-Cola ainda oferecerá copos colecionável inspirados nos ritmos pop, rock e eletrônico para o público e criou latas customizadas para cada dia.

Heineken

A marca é responsável por montar a tirolesa na Cidade do Rock. A atração estará de novo no Rock in Rio neste ano, mas dessa vez atrelada a um medidor de decibéis. O público poderá saber quais músicas foram mais cantadas.

A empresa também faz a distribuição de bebida no festival. Serão mais de 350 mil litros de chope com 16 caminhões pipa, 190 mochileiros ambulantes e 200 chopeiras instaladas nos pontos de comida do festival. Além das Beer Stations, caminhões-tanque em que o público poderá retirar o chope direto.

Doritos

A marca Doritos vai usar o Rock in Rio para se tornar o salgadinho oficial de festivais de música no Brasil. De acordo com Daniela Cachich, vice-presidente de Marketing da PepsiCo, dona da marca Doritos, aumentou o investimento no festival e busca trabalhar a proximidade e a experiência com o universo da música.

Uma das principais atrações da Doritos é um megadrop (torre de queda livre) de mais de 100m.

A marca também promoverá shows de 7 bandas de garagem com astros do rock, como Digão e Badauí. Elas foram as vencedoras de uma promoção que envolveu 1.200 bandas.

Sky

Sky tem parcerias com o Rock in Rio desde 2011. A Sky se inspirou na Rota 66, estrada americana que liga a cidade de Chicago (região leste) a Santa Monica (região oeste) e influenciou várias bandas.

Todas as ações da marca giram em torno dessa temática. Haverá ativações com carros e motos antigas, por exemplo.

O investimento da marca no festival é mais robusto nessa edição do que na edição anterior, por conta da presença digital da Sky nesta edição.
 


Fonte:: Redação