A Unilever anuncia assinatura de um acordo para aquisição da Mãe Terra, companhia criada em 1979 e que vem apresentando rápido crescimento - com taxas superiores a 30% ao ano - no mercado de produtos alimentares naturais e orgânicos, segmento estimado em mais €8 bilhões no Brasil (Euromonitor/2016).

Unilever adquire a marca Mãe Terra

09/10/2017

A Unilever anuncia assinatura de um acordo para aquisição da Mãe Terra, companhia criada em 1979 e que vem apresentando rápido crescimento - com taxas superiores a 30% ao ano - no mercado de produtos alimentares naturais e orgânicos, segmento estimado em mais €8 bilhões no Brasil (Euromonitor/2016).

Com um portfólio que inclui cereais, biscoitos, snacks e produtos culinários, a Mãe Terra tem, desde a sua fundação, o propósito de democratizar o acesso a alimentos nutritivos naturais e orgânicos, cuidando das pessoas e do Planeta, o que está perfeitamente alinhado com a estratégia de nutrição da Unilever e com seu compromisso de crescimento sustentável.

Globalmente, a tendência para alimentos saudáveis tem ganhado cada vez mais relevância. O Brasil é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis no mundo, com 79% dos consumidores considerando saúde e nutrição como prioridades.

Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil, ressalta: “A aquisição da Mãe Terra nos deixa muito felizes. A marca tem excelentes produtos e uma base crescente de consumidores leais no Brasil. A Mãe Terra fortalecerá nosso portfólio de alimentos permitindo que aceleremos nossa expansão nos segmentos naturais e orgânicos que crescem de forma importante”.

Ainda segundo Fernandez, “Com a expertise de marketing e de operação da Unilever pretendemos ampliar rapidamente a escala da Mãe Terra, ajudando-a a realizar sua missão de trazer alimentos saudáveis e nutritivos a um número ainda maior de pessoas. Isto está perfeitamente alinhado com o compromisso da Unilever em oferecer alimentos saborosos, que fazem bem e que são produzidos de forma sustentável”, finaliza.

Alexandre Borges, CEO da Mãe Terra, afirma: “A Unilever entende como é importante preservar nossa cultura ancorada em propósito para manter o crescimento do negócio e a popularidade de nossos produtos. Possui conhecimento e escala únicos que nos ajudarão a acelerar nossa missão de trazer alimentos naturais e orgânicos a um número maior de pessoas no Brasil”.

A Unilever gerenciará a Mãe Terra de forma a preservar sua visão e sua cultura diferenciadas ao mesmo tempo que continuará acelerando o desenvolvimento do negócio. Alexandre Borges permanecerá como Diretor Geral.

As condições da transação deste contrato são sigilosas e estão sujeitas às aprovações regulatórias de praxe no Brasil.
 


Fonte:: Redação