A Pipoca é uma iniciativa fundada em 2014 por um coletivo de produtores, artistas e ex-executivos de multinacionais que funciona como uma plataforma de experiências culturais na rua para pessoas e marcas.

Pipoca Anuncia Dois Novos Festivais Em 2018

07/10/2017

A Pipoca é uma iniciativa fundada em 2014 por um coletivo de produtores, artistas e ex-executivos de multinacionais que funciona como uma plataforma de experiências culturais na rua para pessoas e marcas.

É focada na criação e implementação de projetos autorais de cultura, gratuitos, com o objetivo de reconectar as pessoas junto ao espaço público e criar um olhar menos funcional e mais amoroso pela cidade em que vivem.

Além da continuidade de projetos como o resgate das Festas de São João na região sudeste com o São João de Alceu e da sua forte atuação no Carnaval através da produção e apoio a mais de 40 blocos na cidade de São Paulo e Rio de Janeiro, já estão programados para 2018 dois novos festivais planejados pela Pipoca.

Em maio, acontecerá o primeiro Festival LER - Literatura e Entretenimento na Rua, que tem o compromisso de proporcionar o encontro inteligente e estimulante entre novos autores e os já consagrados, leitores e não leitores, livrarias e editoras. Em um espaço recheado de tecnologia e um astral democrático, o LER espera atrair mais de 500 mil pessoas em um único fim de semana.

Música, instalações interativas e oficinas atrairão o público não leitor. O intuito é fazê-los recuperar o gosto e a cultura pela literatura, contribuindo para que o hábito da leitura e da escrita se torne moda, ‘cool’ e atual. Serão montados três palcos principais, áreas interativas e temáticas. Haverá também foodtrucks, pratos e experiências trazendo nomes de personagens e obras literárias.

“Com todo o aprendizado que tivemos ao longo dos anos sobre como literalmente colocar um bloco na rua, sentimos que estávamos prontos para criar para a cidade diversos outros projetos culturais em vários campos da arte, gratuitos, democráticos, que valorizassem o espaço público, com uma experiência de alta qualidade para as pessoas e assim criar a possibilidade do encontro espontâneo, livre de muros, carros e grades.”, explica Rogério Oliveira, um dos fundadores e responsável pelo planejamento e criação na Pipoca.

A Pipoca também anuncia para 2018 a realização pela primeira vez no Brasil do Lighting Festival, em parceria com o Fête des Lumières, evento realizado anualmente em Lyon, na França, que atrai mais de dois milhões de pessoas.

Depois de sua realização em países como China, Japão, Holanda, Equador e Colômbia, chega ao país o maior espetáculo de instalações, projeções e luzes do mundo, trazendo mais de 30 artistas nacionais e internacionais, que se espalharão pela cidade de São Paulo exibindo um show de luzes e interatividade. Espera-se, cerca de um milhão e meio de cidadãos em quatro dias de festival.

Todos os projetos da Pipoca recebem o apoio institucional de órgãos públicos e associações de moradores. São planejados de forma sustentável e possuem grandes investimentos em limpeza, segurança e preservação dos espaços. Os projetos são viabilizados com o apoio de marcas interessadas em criar um novo tipo de relação com as pessoas e a cidade.

“O apoio e participação neste tipo de projeto é um caminho importante para as marcas que querem deixar de ser apenas marcas. Ao invés de ativações preferimos desenvolver para elas o que chamamos de ‘Brand Ativism', fazendo as se tornarem parte da cultura de grupos e comunidades. Criamos para elas um papel protagonista na construção desta narrativa que reconecta as pessoas entre elas e a cidade. Assim elas se tornam atores de fato genuínos e ativos desta transformação.” - afirma Rogério.


Fonte:: Redação