Dando continuidade à temporada de concertos no MASP, o Instituto Baccarelli promoverá, no domingo do dia 22 de outubro, apresentações de dois grupos da instituição, que é integrada por jovens da comunidade de Heliópolis.

Orquestra Juvenil Heliópolis e Coral da Gente do Instituto Baccarelli no MASP

22/10/2017

Dando continuidade à temporada de concertos no MASP, o Instituto Baccarelli promoverá, no domingo do dia 22 de outubro, apresentações de dois grupos da instituição, que é integrada por jovens da comunidade de Heliópolis.

As apresentações fazem parte de uma importante iniciativa do Instituto Baccarelli de disseminar e democratizar a música erudita. Os ingressos custam R$ 10.

A partir das 11h, o MASP sediará o concerto da Orquestra Juvenil Heliópolis. Essa apresentação trará um atrativo especial, a participação do violinista Justo Gutierrez, que conquistou o 3º lugar no Concurso Jovens Solistas, promovido pelo convênio entre o Instituto Baccarelli e a universidade californiana Azuza Pacific University. Regida por Edilson Ventureli, a Orquestra interpretará duas importantes obras do repertório de música de concerto.

Em um primeiro momento, os integrantes da Orquestra apresentarão o Concerto Para Violino em Ré Menor, escrito pelo compositor Aram Khachaturian. Nascido em Tbilisi, que na época era parte do Império Russo, Khachaturian era filho de pais armênios. Esta obra foi composta em 1940 e dedicada ao violinista russo David Oistrakh, que assessorou Khachaturian no que se referiu à composição dos solos do Concerto. A obra recebeu o Prêmio Stalin, em 1941, e hoje é frequentemente executada por orquestras em todo o mundo.

Em seguida, os músicos apresentarão a Sinfonia nº 4 em Lá Maior, Op.90, composta pelo pianista e maestro alemão do início do período romântico, Felix Mendelssohn-Bartholdy.

Esta obra foi escrita durante uma viagem de três anos que o compositor fez pela Europa, quando tinha vinte anos. Ao visitar a Itália, se encantou pelas obras de arte e logo começou a se inspirar para criar uma nova sinfonia. Mendelssohn escreveu cinco sinfonias no total. A de número 4, não à toa apelidada de Italiana devido à inspiração durante sua viagem, foi publicada em 1851, quatro anos depois de sua morte.

Já na parte da tarde, às 16h, os níveis intermediário e avançado do programa Coral da Gente do Instituto Baccarelli subirão ao palco para apresentar um repertório diversificado, com obras populares e eruditas, todas com coreografias criadas por Lucas Migliorini. Regidos por Silmara Drezza e Claudia Cruz (nível intermediário), e Maíra Ferreira (nível avançado), os corais estarão acompanhados pela pianista Juliana Ripke.


Fonte:: Redação