Começa nesta sexta-feira, dia 06 de outubro, o MIMO Festival, em Paraty. O maior evento de música gratuito no país vai além dos shows e concertos instrumentais, e traz para o público, também, mostra de cinema e uma programação educacional, com workshops de grandes músicos e fóruns de ideias.

MIMO Festival é maior evento gratuito de música no país

05/10/2017

Começa nesta sexta-feira, dia 06 de outubro, o MIMO Festival, em Paraty. O maior evento de música gratuito no país vai além dos shows e concertos instrumentais, e traz para o público, também, mostra de cinema e uma programação educacional, com workshops de grandes músicos e fóruns de ideias.

Esse ano, o MIMO é apresentado pelo Ministéria da Cultura, Bradesco e Cielo e passa por Paraty (de 6 a 8 de outubro), Rio de Janeiro (de 10 a 12 de novembro) e Olinda (de 17 a 19 de novembro).

Foi apresentado, ainda, em versão reduzida de circuito em Tiradentes (28 e 29 de setembro) e Ouro Preto (29 e 30 de setembro). Uma marca segue carregada: sempre é realizado em cidades consideradas patrimônios culturais.

Esse é o 14º ano do festival, que foi realizado pela primeira vez em 2004 em Olinda. Em 2016, movimentou um público de cerca de 200 mil pessoas nas cidades por onde viajou.

Realizado por Lu Araújo Produções e Musickeria, o MIMO Festival conta ainda com o patrocínio do BNDES e Hero – Serviço de Segurança Digital promovido pela FS, tem como parceiras a Prefeitura de Paraty e Olinda, além de contar com a Azul Linhas Aéreas como companhia Aérea Oficial e Minalba como Água Oficial, apoio da Estácio e 99.

O festival chega em terras brasileiras depois de carimbar o passaporte duas vezes em 2017. Esteve pela segunda vez em Amarante, em Portugal, onde reuniu cerca de 60 mil pessoas, e pela primeira vez em Glasgow, na Escócia, numa parceria com o Celtic Connections. Em seu ponto de partida, a bela Paraty, o MIMO traz uma surpresa: o line-up será exclusivamente feminino.

Estrelas internacionais como a portuguesa Teresa Salgueiro, a inglesa ALA.NI e a malinesa Oumou Sangaré dividem a programação com talentos nacionais como Baby do Brasil, Liniker e Os Caramelows, As Bahias e a Cozinha Mineira, IZA, entre outros. No Rio e em Olinda, nomes como Emir Kusturica, Ondatrópica, Criolo e Manel Cruz figuram como atrações.

Paraty recebeu o festival pelo quinto ano consecutivo. Este ano, a Chuva de Poesia, que já virou uma tradição no festival, se dedica a poetas mulheres de diversas partes do mundo, como as brasileiras Ana Cristina Cesar, Hilda Hilst, a portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, a russa Marina Tsvietáieva, a americana Emily Dickinson, as japonesas Chiyo-ni e Sono-jo e a Instapoeta indiana radicada no Canadá Rupi Kaur.

“Todas as atividades convidam à reflexão sobre a diversidade da produção artística mundial. Os concertos, o Festival MIMO de Cinema, a Etapa Educativa e todas as outras ações se complementam, para que a música seja a protagonista”, afirma Lu Araújo, diretora e idealizadora do MIMO Festival. O MIMO Festival servirá como plataforma de lançamento do “Dossiê de candidatura de Paraty como cidade criativa da Unesco”, na  categoria Gastronomia, pela prefeitura. A cerimônia se realizará durante o festival, dia 7 de outubro (sábado), às 17h, na Casa da Cultura.


Fonte:: Redação