A 19ª edição do Futurecom vai dedicar boa parte de sua programação à Internet das Coisas (IoT, da sigla em inglês Internet of Things). Serão mais de 200 metros quadrados com demonstrações em vários setores, como carros conectados, cidades inteligentes, indústria 4.0, saúde, agricultura, entre outros.

Internet das Coisas será o tema principal da 19ª edição do Futurecom

04/09/2017

A 19ª edição do Futurecom vai dedicar boa parte de sua programação à Internet das Coisas (IoT, da sigla em inglês Internet of Things). Serão mais de 200 metros quadrados com demonstrações em vários setores, como carros conectados, cidades inteligentes, indústria 4.0, saúde, agricultura, entre outros.

Considerado como o maior evento de telecomunicações, TI e internet da América Latina, o Futurecom acontece de 2 a 5 de outubro no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

A IoT já é uma realidade em diversos países e vem abrindo espaço no Brasil. Segundo o Gartner, 8,4 bilhões de dispositivos estarão conectados em todo o mundo até o fim de 2017 e a previsão é chegar a 20,4 bilhões até 2020. Isso significa que o usuário estará conectado em todo o lugar.

No Brasil, o mercado de IoT movimentou US$ 4,1 bilhões em 2016, segundo estudo da Associação Brasileira das Empresas de Software em parceria com a IDC, firma de inteligência de mercado.

Outro ponto importante é que o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação está desenvolvendo o Plano Nacional de Internet das Coisas. Esse projeto se baseia em três diretrizes: diagnóstico de IoT no Brasil, definição de setores prioritários e a formulação de ações e recomendações para agilizar a implementação da tecnologia no país.


Fonte:: Redação