No próximo dia 9 de abril, a Fortaleza de Itaipu, em Praia Grande, abre novamente suas portas ao público para promover atividade física, conhecimento e uma nova ótica sobre as paisagens da Baixada Santista.

Fortaleza de Itaipu promove sétima edição de caminhada ecológica

15/03/2017

No próximo dia 9 de abril, a Fortaleza de Itaipu, em Praia Grande, abre novamente suas portas ao público para promover atividade física, conhecimento e uma nova ótica sobre as paisagens da Baixada Santista. A Caminhada Ecológica, realizada pelo 2º Grupo de Artilharia Antiaérea de Praia Grande (2º GAAAe) e pela Associação dos Amigos da Fortaleza de Itaipu e apoiada pelo Litoral Plaza Shopping, chega a sua sétima edição e leva seus 2.500 inscritos a conhecer mais sobre a história da cidade ao longo de um trajeto de 8 km.

A concentração começa às 7h30 com aquecimento e alongamento na Praça Duque de Caxias, em frente à praia do Canto do Forte. A largada será dada às 8h30 e o passeio segue pelo portão histórico do Forte, passando pelas alamedas que dão acesso ao sítio histórico, de onde é possível ter uma visão privilegiada da Baía de Santos e de uma das últimas reservas de Mata Atlântica do Estado.

Ao longo do percurso, pontos de distribuição de água estarão disponíveis aos participantes, e frutas serão distribuídas ao fim do passeio para reabastecer as energias. “Ano a ano a Caminhada tem sido um sucesso. Para 2017, aumentamos o número de inscrições e queremos que o público aproveite um dia diferente de muito lazer para toda a família”, destaca o Sargento Lemos, do 2º GAAAe.

As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de março ou até o limite de 2.500 inscritos pelo site www.ticketagora.com.br, no quartel do 2º GAAAe, de segunda a quinta-feira, das 10h às 16h, ou em espaço montado em frente às esteiras rolantes do Litoral Plaza Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h e, aos domingos, das 15h às 21h. A taxa de inscrição é de R$ 30 e dá direito ao kit da prova, que inclui camiseta, sacola, barra de cereal e suco. Idosos a partir de 60 anos pagam meia.


Fonte:: Redação