Turner Festival: Great Live apostou em um evento que desafiou conceitos

05/12/2018


Se comunicar com as agências de publicidade não é tarefa fácil. Todos os anos, durante novembro e dezembro, os grupos de mídia convocam as principais agências para apresentar as novidades do primeiro semestre e oferecer todas as possibilidades para os desejados anunciantes.

Destacar-se neste meio é um desafio. São dezenas de grandes festas, ativações inteligentes e presentes desejáveis que rodam o mercado a fim de dizer que este ou aquele veículo é a melhor escolha para uma marca anunciante.

Saiba das últimas novidades do mercado de live marketing aqui.

Neste cenário, a Turner Brasil, dona de canais como Cartoon Network, Warner Channel, Space, TNT, entre outros, escolheu a Great Live para apresentar em um mesmo evento informação, com todos os highlights e big numbers de seus diversos canais e programação junto com entretenimento, com uma festa e ativações que entregassem o grande destaque da empresa: a diversão.

“Nosso grande desafio era equilibrar coisas que a princípio pareciam tão distantes.”, disse Renato Rodrigues, diretor de Planejamento da agência.

“Era como tentar equilibrar os lados esquerdo e direito do cérebro. Razão e emoção. Mas sabendo que deveríamos criar algo tão único quanto a própria programação.”, completa Renato.

Inspirados por festivais como TAG CDMX e SXSW, a solução foi criar um Festival que misturasse conteúdos. Assim surgiu o Mindnation (união das palavras Mente e Imaginação em inglês).

Uma proposta tão bem aceita que se tornou perene, sendo 2018 a primeira edição do encontro anual. “Ao invés de criarmos uma ideia descartável, decidimos que seria muito melhor para nosso cliente encontrar uma solução de longo prazo, que mantenha a expectativa das agências.”, é o que garante Daniela Micchelucci, diretora da Great Live.

O evento, realizado na The Week, em São Paulo, contou com a presença da alta diretoria Turner e apresentou conteúdos dos canais por meio de apresentações rápidas e apoiadas por alta tecnologia.

Um dos grandes momentos foi o anúncio da compra dos direitos de exibição do Brasileirão pelo TNT, que passa a sediar o campeonato juntamente da Champions League, entre outros destaques esportivos em um formato chamado de 'Superstation'.

O Mindation contou também com a presença de Derek Thompson, escritor do best-seller Hit Makers, um dos livros sensação dos últimos anos que analisa as tendências e padrões que fazem de um conteúdo (do seu youtuber predileto a um filme de Hollywood) um sucesso.

Ao final da palestra, atrações e ativações diversas foram “ligadas” simultaneamente, exatamente como em um festival de multiconteúdo. Para TNT foi criado um Salão chefiado pela premiada grooming Danny Barbosa, onde os convidados podiam se preparar para andar no tapete vermelho das premiações.

Para Cartoon Network, além da área de Verão Cartoon, montada na piscina, a agência construiu um ping pong circular inédito, a Champions League foi homenageada com um pebolim gigante para até 16 jogadores simultâneos, Warner recebeu o famoso apartamento do Sheldon, de The Big Bang Theory, enquanto cosplayers andavam, dançavam e bebiam pela festa como convidados.

Por fim, um truck tattoo assinado pela A Tattoaria ficou disponível para flashes (promovidos pelo perfil do evento no Instagram), além de propor emoções extremas com duas “tattoos no escuro” onde o tatuado só veria a proposta e o resultado no fim do processo.

“Foi um evento pensado para ser fora dos padrões do começo ao fim, até nosso receptivo fugia do convencional ao trazer um casting formado pela pura diversidade, com profissionais plus size, cadeirantes, portadores da Síndrome de Down... a Turner excede padrões e lança tendências todos os dias, seu principal evento de marca deveria refletir isso a cada instante.” foram as palavras de William Ferraz, Atendimento da conta.

Um festival não é completo sem música e isso foi garantido em duas pistas com atrações diversas como Patty Dejesus e João Gordo de DJs; As bandas SLDVR + Odradek e Golden Loki, na Pista B e Baile do Simonal dominando a Pista A. Eclético, moderno e feito para agradar a todos.

Em 7 horas, o evento atendeu mais de 800 convidados, serviu milhares de drinques por intermédio dos 4 bares simultâneos, contou com uma cozinha inspirada e rotativa e entrou de vez para o calendário dos comunicadores paulistas que já esperam pela segunda edição. “E quem sabe a gente não cruza as fronteiras levando uma versão do Mindnation para outros Estados?” questiona, Renato.

Agora só resta botar nossa mente para imaginar quando.

Fonte: Redação.