Sesc promove programação gratuita durante a Flip

07/07/2019


Cerca de 100 atrações com exposições, oficinas, bate-papos, cafés literários, lançamentos de livros, cinema, música e intervenções artísticas em quatro espaços fixos e nas ruas de Paraty.

sesc flip Pelo nono ano seguido o Sesc participa da Festa Literária Internacional de Paraty – Flip - com uma ampla programação. De 11 a 14 de julho, a instituição promoverá uma série de atividades, mostrando aos visitantes do evento um pouco do trabalho que desenvolve diariamente em suas unidades, em todo o País.

O melhor do entretenimento está aqui.

Serão cerca de 100 atrações com exposições, oficinas, bate-papos, cafés literários, lançamentos de livros, cinema, música e intervenções artísticas em quatro espaços fixos e nas ruas da cidade.

As atividades acontecerão nas unidades Santa Rita e na Casa Edições Sesc, no Centro Histórico; na unidade Caborê e no espaço do Areal do Pontal, onde estará estacionada uma unidade do BiblioSesc, biblioteca itinerante de incentivo à leitura. Também haverá intervenções artísticas nas ruas da cidade.

sesc flip

“O Sesc Paraty possui uma atuação permanente na cidade. Durante a Flip ampliamos a nossa programação de modo a enriquecer ainda mais a Festa Literária e oferecer outras possibilidades para o público, além das mesas oficiais. Mais uma vez teremos diversas atividades com escritores, poetas, atores e músicos”, conta  Daniel Ourique, gerente do Sesc Paraty.

 A maratona de atrações começa com a abertura da exposição ‘Câmara de Ecos’, na unidade Caborê, no dia 11 de julho, às 10h. Inspirada no poema de Waly Salomão e idealizada por seu filho, Omar Salomão, a instalação em formato de ninho permitirá uma experiência sensorial.

Por meio de alto-falantes espalhados em nichos, o visitante ouvirá nove poemas do autor declamados por diferentes vozes, em ritmo e tempo próprios. O público poderá conferir a exposição durante os quatro dias do evento, sempre das 10h às 19h.  

Outro destaque do primeiro dia será o bate-papo com os rappers Rincon Sapiência, MC Marechal e Pelé do Manifesto. A partir das 14h, também na unidade Caborê, os três vão debater sobre os sobre os desafios de se fazer Rap no Brasil, o papel social e como o ritmo transforma vidas, além de dar dicas para quem pretende ingressar na carreira de MC.

sesc paraty

Na unidade Santa Rita, localizada no centro Histórico da cidade, acontecem os Cafés Literários,  espaço de encontro do público com grandes autores. Nomes representativos da literatura nacional discutem diferentes temas. Entre os confirmados estão a poetisa pernambucana Luna Vitrolira e Ricardo Aleixo, poeta, músico e artista plástico, na mesa “A palavra performada”; Tobias Carvalho, vencedor do Prêmio Sesc 2018, e Amara Moira, professora de literatura e feminista, debatem o gênero na escrita, em “Literatura tem gênero?”; Bárbara Prince, blogueira literária e youtuber, estará ao lado do escritor e roteirista de literatura policial Raphael Montes, no debate “A literatura é pop?”; Márcia Kambeba,  poeta e geógrafa brasileira, e Cristino Wapichana, músico, compositor e escritor brasileiro, discutirão as “Literaturas originárias”.

 Ainda na Santa Rita, no dia 11, às 19h30, será lançado o livro “Da lama ao caos: que som é esse que vem de Pernambuco?”, com a participação do autor José Teles e de Lauro Lisboa Garcia, organizador da coleção de livros digitais Discos da Música Brasileira.

sesc flip

Com o mesmo nome do disco lançado por Chico Science & Nação Zumbi em 1994, o livro reconstrói a trajetória do álbum seminal que transformou a música brasileira. No mesmo local, Felipe Holloway e João Gabriel Paulsen, vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2019, participam de bate-papo com o público no dia 13 de julho.

Os dois foram escolhidos nas categorias Romance e Conto, com os livros “O legado de nossa miséria” e “O doce e o amargo”, respectivamente. Os encontros de Pilar Del Rio e o José Luiz Peixoto, na sexta e Chico Felitti e Sergio Rodrigues, no domingo, também são destaques.

O Grupo Carmin é um dos destaques da programação teatral e levará à Flip o aclamado espetáculo “A invenção do Nordeste”. A peça venceu os prêmios Shell (de melhor autor), Cesgranrio (de melhor espetáculo) e APTR - Associação de Produtores de Teatro do Rio (melhor autor e ator em papel coadjuvante).
sesc flip
Grupo Carmin (Foto: Daniel Torres).

Entre as atrações musicais, o público poderá conferir as apresentações do cantor e compositor Chico Cesar; Cátia de França, cantora que tem a literatura como marca registrada em suas cancões; Dandara Manoela, que apresentará o álbum Retrato Falado e a Orquestra Mundana, formada por músicos brasileiros, embalam a cidade.

A programação do Sesc contemplará também o público infantil. O espaço ‘Ler e brincar é só começar’ propõe um encontro de brincadeiras com a leitura, na unidade Santa Rita, durante os quatro dias da Flip. As crianças, de 5 a 12 anos, também poderão conferir a oficina Mini Lambes, com linguagem lambe-lambe.  

No Sesc Areal do Pontal, o bate-papo“Criança escrevendo para crianças”, contará com a presença da escritora amazonense Beatriz Guimarães Menezes, que publicou seu primeiro livro aos 8 anos. Hoje, aos 18 anos, ela compartilha sua experiência com o público. Haverá, ainda,contação de histórias, intervenções poéticas, performances circenses e apresentações artísticas.

sesc flip

Durante os quatro dias, a Casa Edições Sesc terá lançamentos de livros, como “Eça de Queiros: leituras brasileiras e portuguesas”, com presença do organizador da publicação, Benjamin Abdala Jr., e das autoras Marli Fantini e Elza Miné. “Memória da Amnésia: políticas do esquecimento”, com a autora Giselle Beiguelman, Solange Ferraz, diretora do Museu Paulista, e Alexander Kellner, diretor do Museu Nacional.

A programação completa e detalhada está disponível no site.

Fonte: Redação.

TAGs: entretenimento evento flip paraty sesc