Para todo problema, existe uma oportunidade

28/11/2019


Eu sempre achei que uma agência de comunicação, pela dinâmica do negócio, fosse um lugar feito para ter problemas.

São demandas cada vez mais complexas, verbas cada vez menores, briefings cada vez mais complicados, prazos cada vez mais curtos, expectativas cada vez mais altas, caminhos cada vez maiores.

Somado a tudo isso, temos as pessoas, com suas diferenças, suas virtudes e defeitos, seus egos, seus gostos pessoais e suas inseguranças cada vez mais comuns nos dias de hoje. Ou seja, é uma bela panela de pressão.

Fala a verdade, quem aí nunca ficou um pouco tenso antes de abrir os e-mails de manhã ou quando chega um whats do trabalho no fim de semana? A primeira coisa que vem à cabeça é “lá vem encrenca”.

O lado bom disso tudo é que os ingredientes que estão nessa panela costumam dar um bom caldo quando a gente controla bem o fogo. Ou seja, a receita é saber lidar com os problemas.

Meu chefe me disse uma vez que ser gestor é administrar problemas. Para isso, separei alguns pontos aqui que me ajudam a tornar o ambiente de trabalho mais leve, prazeroso, produtivo, e, dentro do possível, menos problemático. Vamos lá:

  • Já que os problemas existem, o que nos resta é minimizá-los.
  • Na maioria absoluta das vezes, o problemããão é apenas um problema ok.
  • Antes de entrar no furacão, procure entender, com serenidade, o que está acontecendo. Parece óbvio, mas não é sempre que acontece e isso faz toda a diferença nos momentos críticos.
  • Objetividade também ajuda muito.
  • Delegar responsabilidades.
  • Ouvir as pessoas com equilíbrio. É incrível como em uma discussão, todos os lados têm boas razões. Se a gente conseguisse somar essas diferenças, o resultado seria incrível.
  • Não segurar os sentimentos. Ficou puto com alguma coisa? Vamos entender o que aconteceu. Se a revolta faz sentindo (muitas vezes, faz), pode extravasar na hora. O importante é não deixar acumular. Você não acredita como isso me ajudou a lidar com grandes profissionais.
  • Administrar bem o tempo. É incrível como a falta de tempo atrai problemas. Porém, o que falta mesmo é organização e não tempo. Olhar a pauta com antecedência, alertar sobre possíveis dificuldades, se precaver e planejar a rotina, saber usar a tão desejável liberdade responsável que não controla horários, mas que respeita os prazos, os colegas, os outros departamentos e a qualidade das entregas.

Isso tudo não é baseado em estudos, sessões de coach ou outras teorias motivacionais. Você pode até nem concordar com uma ou outra coisa. Mas, como comentei antes, foi a maneira que eu encontrei para tocar o dia a dia da agência de maneira mais leve.

E mesmo não conseguindo colocar esses pontos em prática o tempo todo, acredito que eles sejam fundamentais para controlar o fogo da panela e transformar problemas em oportunidades.

Sejam oportunidades para tornar o ambiente de trabalho melhor. Sejam oportunidades de gerar novos negócios. Afinal, uma coisa está diretamente ligada à outra.

 

Por Luciano Teixeira.

 

 

 

 

 

 

 

TAGs: artigo luciano-teixeira