Novidades tecnológicas para organizar um evento

27/05/2018


Adeus papel, caneta, agenda, e outros aparatos utilizados há décadas na hora de se planejar um evento. A tecnologia chegou para aliviar, se não de forma total, pelo menos parcialmente, a vida de um produtor de eventos.

A cada ano que passa as pessoas se tornam mais confiantes em relação às novidades tecnológicas que podem ser aplicadas na organização de um evento. Para se ter sucesso, basta fazer bom uso delas.

As novas tecnologias prometem gerar interações capazes de tornar os eventos mais significativos e cheios de experiência. Porém, algumas novidades estão ainda em processo de desenvolvimento de implementação, especialmente em feiras de negócios e eventos corporativos.

Com as já existentes, é possível poupar tempo, aperfeiçoar e automatizar algumas funções, além de estimular a interação entre o público. Seguem abaixo algumas das ferramentas tecnológicas que podem ajudar na hora de realizar o seu evento:.

Venda de ingressos on-line: Essa é uma tendência que chegou para ficar. Ela garante mais comodidade ao público que não precisa mais sair de casa para comprar o seu ingresso, e também para o produtor que ganha mais facilidade para controlar a quantidade de vendas e até mesmo organizar listas, caso seja necessário fazer credenciamento.

Identificação por radiofrequência: Ela é muito utilizada em grandes eventos, como os festivais de música que aplicam a tecnologia em pulseiras. Com um microchip, o acessório é capaz de captar e reproduzir dados, possibilitando não apenas o acesso ao evento, como a realização de compras e interação com outros participantes.

Projeção mapeada: Apesar de ainda ser pouco utilizada, ela se mostra muito promissora e pode ser aplicada em qualquer tipo de evento, seja corporativo, ou feiras de negócios. No entanto, para fazer uso dela se faz necessário contratar um bom design para fazer o projeto, além de ter equipamentos que permitam executar a ideia com boa qualidade.

Reconhecimento facial para matchmaking: O uso de algoritmos responsáveis por analisar características faciais, linguagem corporal e interpretações pode auxiliar no check-in dos participantes. A ideia é nova, porém não deve demorar muito para sair do papel, afinal ela já está presente em smartphones.

Aplicativos: Com ele é possível disponibilizar a programação com detalhes, como horário, local de realização e dados sobre as principais atrações. A ferramenta é uma excelente alternativa para melhorar a comunicação do evento, uma vez que concentra todas as informações importantes em só local de fácil acesso.

Realidade Virtual: Ainda pouco utilizada em eventos de forma geral, o público costuma fazer fila para testar o equipamento e ter a oportunidade de viver a experiência. Dessa forma, investir em uma ação com VR bem produzida é uma boa opção para conquistar os participantes. Uma boa opção é usar em eventos corporativos deixando os treinamentos mais interativos.

Wearable: Estes dispositivos estão entre as principais tendências tecnológicas para eventos. Eles podem coletar e enviar informações personalizadas em tempo real por meio de óculos, relógios, mochilas, e até mesmo camisas e sapatos.

Redes sociais: Com elas é possível garantir um grande alcance e divulgar uma série de informações sobre a produção com um custo reduzido, caso queira patrocinar as postagens. Também dão a oportunidade de chegar mais perto do target, graças aos mecanismos de interação, como a caixa de comentários e compartilhamentos.

Smartphones: Cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, ele vai muito além de um mero aparelho para entretenimento. Representa um poderoso meio de comunicação e dispõe de aplicativos que são ferramentas ricas para a produção de eventos. Você pode utilizar o Google Agenda, que permite organizar as tarefas e estabelecer metas a serem cumpridas e ainda o Google Drive para compartilhamento de documentos na nuvem, o que facilita a troca de informações entre os organizadores e possibilita o acesso aos documentos por meio de qualquer aparelho com acesso à internet.

 

Fonte: Redação.