Natura participa da sexta edição do Festival Path

17/05/2018


Pela primeira vez, a Natura participa do maior evento de inovação e criatividade do Brasil, o Festival Path. A empresa de cosméticos participará de três painéis: “Mulheres da Amazônia: microrrevoluções em grande escala”, “Marcas e Artistas: para quem essa parceria vale ouro?” e “Marcas, Entretenimento & Multi-Plataformas - o que todas essas it-words têm em comum”. Os debates ocorrem nos dias 19 e 20 de maio, em São Paulo.

O Festival, cujo tema em 2018 é “Ideias que trocam ideias”, receberá Andrea Alvares, vice-presidente de Marketing, Inovação e Sustentabilidade da Natura , como mediadora do painel “Mulheres da Amazônia: microrrevoluções em grande escala”.

Na pauta, residentes da Amazônia contarão como deram um novo rumo às próprias histórias e transformaram suas comunidades. Em parceria com a Natura, elas geram impacto positivo e escalável por meio de uma cadeia sustentável que inspira novas perspectivas econômicas e socioambientais. O painel será realizado no dia 19, às 15h, na sala Ballroom 1 -Instituto Tomie Ohtake.

A empresa reuniu três mulheres da Amazônia com perfis diferentes, porém representantes do empreendedorismo capaz de revolucionar a realidade local com propósitos e atitude. “Temos interesse em mostrar como é possível mudar a realidade local por meio de inovação e propósito. Quando entendemos desafios socioambientais como oportunidades de negócio, somos capazes de gerar impacto positivo para toda a sociedade.”, explica a vice-presidente de Marketing, Inovação e Sustentabilidade da Natura.

A palestra contará com a participação de Dona Onete, que se tornou uma cantora conhecida mundialmente depois de seus 60 anos de idade, ao atrair um público antenado com um repertório inspirado na cultura regional paraense, como o carimbó.

Também participa da conversa Priscila Lopes, consultora de beleza Natura em Ananindeua (PA). Ganhadora do Prêmio Acolher 2015, Priscila é presidente do Instituto Adriana Lopes, que busca promover inserção social, capacitação e geração de emprego de mulheres analfabetas, negras e idosas em situação de vulnerabilidade social na região por meio de projetos como o “Mulheres em ação”.

Adriana Lima, líder da Comunidade de Cotijuba (PA), fornecedora de ativos da biodiversidade para a Natura, completa o painel. Adriana ajudou a fundar o Movimento das Mulheres das Ilhas de Belém, que busca inclusão de mulheres na economia amazonense.

Durante o evento, o público que passar pelo segundo andar do Instituto Tomie Ohtake também poderá participar de uma experiência interativa sobre a atuação da Natura na Amazônia, com o desenvolvimento de cadeias de abastecimento da biodiversidade. Por meio dessa dinâmica, será possível entrar em contato com os ingredientes da linha Ekos.

Ainda na programação do Festival, Fernanda Paiva, gerente de Marketing da Natura, integra a mesa “Marcas e Artistas: para quem essa parceria vale ouro?”. A conversa abordará como as marcas podem construir uma relação mais verdadeira e sustentável para os artistas e para o ecossistema da música.

Completam o time de especialistas a cantora Ana Vilela (Trem Bala Produções/Som Livre) e o empresário Rafael Achutti (Bananas Music Branding). O bate-papo acontece no sábado, às 12h30, na sala EBAC 2.2 - Escola Britânica de Artes Criativas.

No dia 20 de maio, Carolina Soutello, gerente global da marca Natura, participa do painel “Marcas, Entretenimento & Multi-Plataformas - o que todas essas it-words têm em comum”, ao lado de Tony Goes (roteirista e colunista da Folha de S. Paulo), Carol Escorel (Head ofBusiness & Operations da Isobar Brasil) e Lu Mendes (Head da The Story LabBrasil). Juntos, eles irão discutir os limites entre entretenimento e narrativas das marcas.

A Casa Natura Musical também faz parte do roteiro do Festival Path ao receber, durante o fim de semana, diversos debates sobre temas de comunicação digital com youtubers e outros influenciadores. 

Fonte: Redação Promoview.