Bullet se prepara para os próximos 10 anos

25/09/2018


Perto de seu 30º aniversário, a Bullet mira seus próximos 10 anos com mudanças importantes em sua operação.

Incansável na busca por inovação, a agência coloca em prática iniciativas relacionadas a pessoas, processos e produtos que vão levá-la ao futuro sob a mesma reputação e solidez que basearam sua história – a Bullet foi a primeira colocada no ranking de maior percepção do mercado anunciante, na categoria serviço especializado, segundo as pesquisas Agency Scope de 2012, 2014 e 2016, as quais ouviram mais de 400 executivos de marketing do Brasil (sendo a única mencionada tanto por clientes quanto pelo mercado no levantamento de 2016).

Embora tenha nascido no nicho de marketing promocional, em seus 30 anos a agência demonstrou capacidade de se reinventar e se adequar às necessidades dos clientes, se mantendo atrativa ao mercado, sem se prender a rótulos.

“No início, a inovação estava ligada a novas formas de criar e executar promoções e eventos, gerando ‘talkability’, e isso virou a marca da Bullet. Depois, o pensamento de elaborar soluções diferenciadas migrou para problemas de comunicação em geral e o pensamento ‘think, share e sell’ foi pautado em cima disso: estratégia assertiva e criatividade eficaz para alcançar os melhores resultados”, comenta o sócio e CEO, Fernando Figueiredo.

Agora, um novo modelo vem da transformação desse pensamento em método e principalmente em cultura, modernizando e tornando a Bullet mais eficiente, para ser vista e atuar como uma agência de soluções de comunicação e negócio, preparada para resolver qualquer tipo de problema ou demanda do mercado.

Pessoas

A Bullet anuncia a volta de Aldo Pini como sócio da operação, junto à Eduardo Andrade. Pini estava há dois anos na direção geral de planejamento da Africa, sendo responsável por clientes como Ambev, Heinz e Vivo. Convidado por Fernando Figueiredo, Mentor Muniz Neto e Adriana Ribeiro a retornar para a agência em que já acumulava cinco anos de atuação, ele assume a posição de CSO (Chief Strategy Office).

Também convidado a compor o novo quadro societário, com oito anos de história na Bullet e uma trajetória ímpar, Eduardo Andrade ocupa o cargo de CBO (Chief Business Office). Até hoje, a agência só havia realizado uma única mudança na sociedade, quando a atual COO, Adriana Ribeiro, retornou à operação, em 2006, após passagem pela McCann México. “Temos muito orgulho de ter nos mantido nesses 30 anos sob um único quadro societário, sem divergências, sempre com saúde financeira e uma operação vitoriosa. Agora, chegou a vez de reconhecer a contribuição de dois excelentes profissionais, responsáveis por nos ajudar a chegar até aqui”, celebra Figueiredo.

“A solidez de uma agência que se reinventa há 30 anos, a confiança de que todos queremos o mesmo, e o fato de que eu e o Edu teremos todo o respaldo, a estrutura e o time necessário para colocarmos isso em prática foram sem dúvidas os fatores que me trouxeram com muita alegria de volta à agência”, ressalta Pini. “Estamos muito honrados com o convite e seguros de que a Bullet seguirá por muitas outras décadas à frente desse mercado”, completa Andrade.

Fernando Figueiredo, que liderou a abertura da operação da Bullet US e que em breve anunciará um novo movimento da operação internacional, segue no cargo de CEO, acumulando também a função de Business Development. Mentor Muniz Neto se mantém como CCO e ainda como Innovation Creator, enquanto a COO Adriana Ribeiro continua à cargo das áreas financeira e de operações da agência.

Além das novidades na liderança, a ideia é que a Bullet atue como uma agência integradora, trazendo quando necessário especialistas para a mesa. De um lado, o creators hub: um pool de especialistas como produtores, social creators, influenciadores e roteiristas para customizar formatos proprietários e diferenciados. Do outro, o hard strategy hub: parceiros especialistas em design sprint, maker e UX para prototipar soluções para questões específicas e desafiadoras.

Processos

Outra grande mudança da agência é o modelo de unidades de negócio (BULs - Bullet Unit Leagues). As equipes estão organizadas em mini-agências, montadas para atender grupos de contas. Porém, diferente de células já incorporadas pelo mercado anteriormente, as BULs são completas, indo além das disciplinas de criação, atendimento e planejamento. Cada uma tem seu próprio time de produção, business intelligence, financeiro, operacional e áreas específicas, de acordo com o perfil dos clientes, como por exemplo, mídia, digital, trade marketing e inteligência artificial, entre outros. “Esse modelo traz agilidade às equipes, com mais eficácia em etapas como aprovação interna e formatação de briefings, mas, principalmente, nos deixa ainda mais próximo do cliente, que espera isso de seus parceiros”, explica Figueiredo. 

Produto

Já as novidades em produto começaram pela própria marca da agência, que ganhou nova identidade visual, aspirando transmitir ao mercado esse novo momento que visa o futuro. Indo além, a Bullet segue investindo cada vez mais em Business Intelligence, o que significa perseguir o tempo todo o entendimento sobre o comportamento humano, e não apenas hábitos do consumidor. Em parceria com a Nexo, anunciada em meados de 2018, a agência aposta na tecnologia que promete marcar a nova era da comunicação. Mesclando as inteligências artificial e humana, a Bullet cruzará dados coletados com tensões sociais, insights culturais, anseios, hábitos de mídia e conversas, entre outros.

“Vamos trabalhar em cima do que as pessoas realmente querem, criando conexões relevantes entre marcas e público”, afirma Fernando Figueiredo. Hoje, a agência já fornece em tempo real aos seus clientes informações que vão além dos números do projeto, ao mesmo tempo em que está desenvolvendo plataformas inovadoras para os negócios dos anunciantes, como novos canais de vendas e plataformas online de engajamento. Isso é possível porque a Bullet uniu todas as informações de mais de 4 milhões de consumidores sensíveis à promoção por meio de sua plataforma proprietária, o YouIn, criado para centralizar todas es estratégias promocionais que passarem pela agência.

Fonte: Redação Promoview.