Após três meses de namoro nasce uma agência de sucesso

11/01/2019


Se casais inteligentes enriquecem juntos, é possível dizer que casais empreendedores se reinventam juntos.

Esse foi o caminho trilhado por Ronaldo Ferreira Junior (53) e Claudia Lorenz (48), sócios-fundadores da um.a #DiversidadeCriativa, agência de live marketing.

Leia também: Agência um.a é reconhecida pela ONU por apoiar o "Livres e Iguais".

Confira as principais novidades do mercado aqui.

Após 22 anos de relacionamento, amoroso e profissional, os dois esperam entrar em 2019 com faturamento de R$ 50 milhões.

A história começou em 1996. Desempregados e namorando oficialmente há apenas três meses, o casal queria e precisava se reinventar, Juntos, aproveitaram toda a energia revigorante da recente relação e a direcionaram para um mesmo foco.

“Uma relação nunca é simples, nem mesmo um mar cor de rosas. Mas quando você encontra uma pessoa que olha para a mesma direção que você, e está disposta a ir contigo até o fim, fica mais fácil colocar um plano em prática.”, conta Ronaldo.

Naquela época, a área de eventos corporativos era muito amadora, porém, apesar das poucas agências, podia-se enxergar um mercado pulsante. Foi assim que Ronaldo e Claudia identificaram uma janela de oportunidades e passaram a focar na organização de treinamentos corporativos, fundando assim a Agência Um. Na ocasião, ainda contaram com a ajuda de um sócio investidor, José Rente, grande parceiro e amigo do casal.

Desde então, ao longo desses 22 anos, a empresa trabalhou com clientes de grande porte e conquistou mais de 40 “jacarés” do Prêmio Caio, um dos mais importantes da área de eventos, tornando-se uma referência na área de live marketing.

Sempre acompanhando as transições de mercado, e, graças à relação de confiança e cumplicidade mútua, o casal segue superando todas as adversidades. “De certo modo, manter um negócio é quase como manter uma relação. Você precisa se adaptar, amadurecer e saber a hora certa de mudar para não cair na rotina.”, brinca Claudia.

Foi se reinventando que neste ano a Agência Um passou a se chamar um.a. A mudança de posicionamento se deu após os dois empresários abraçarem a bandeira da diversidade como diferencial competitivo, estimulando a inclusão e o diálogo dentro do ambiente profissional.

“Nós entendemos que a diversidade é o caminho mais rápido para compreender a realidade do mercado e as necessidades de nossos clientes. A diversidade é a estratégia para criarmos o clima propício para as mudanças que precisávamos na agência. Todos precisariam se sentir muito à vontade para errar, daí, criar e inovar. Hoje o encontro das diferenças gera tanto insight e informação que, ao contrário de tumultuar o processo, acaba por proteger todas as estratégias da um.a e dos clientes. Nossas ideias são questionadas e testadas antes de irem para a rua. De certo modo, foi assim comigo e com a Claudia. Somos bem diferentes – quem nos conhece sabe – mas somamos nossas diferenças para transformar ideias em negócios.”

Atualmente, a um.a conta com 70 colaboradores e possui uma carteira global de clientes do porte de Allergan, Ambev, Atento, Boenringer-Ingelheim, Bristol-Myers Squibb, Cielo, Citi, Corteva, Deloitte, Eli Lilly, IBGC, Lenovo, Mapfre, Motorola, Lenovo, Nextel, Sanofi-Aventis, São Judas, Tigre e Via Varejo.

A Agência já foi apontada pela pesquisa CIEE/Ibope Solutions como uma das melhores companhias para se estagiar no país, e também é frequentemente eleita pelos colaboradores como uma empresa GPTW (GreatPlaceToWork).

“A fórmula do sucesso é quase simples: tudo o que se faz com amor, ou quando nos propomos a servir ao próximo de verdade, dá certo”, diz Claudia. “E não é tão simples, pois amor dá trabalho, exige dedicação. Mas no final rende bons frutos.”, completa.

Fonte: Redação.

TAGs: