‘Temperatura Animal’ alerta sobre cuidados com animais no verão

10/01/2019


Os termômetros têm marcado temperaturas altas em todo o país, com a sensação térmica muitas vezes ultrapassando os 40 graus. Em dias quentes, é preciso redobrar a atenção com os animais.

Para ajudar a garantir o bem-estar na temporada de calor, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) lança a campanha "Temperatura Animal".

“Muitas vezes, os cuidados de verão são relacionados apenas aos bichos de companhia, mas todos os animais, independentemente da espécie e porte, necessitam da mesma atenção.”, destaca Lisandra Dornelles, presidente do CRMV-RS.

Alguns pontos são comuns a todos eles, como a oferta constante de água fresca, que deve estar disponível em locais de fácil acesso. No caso dos pets, o recomendado é que a água seja trocada a cada 4 horas, pois a mantém limpa e fresca.

Alimentação necessita de atenção redobrada para que não azede ou seque. Todos os ambientes – seja em casa, no campo ou em galpões – devem oferecer sombra. Também deve-se evitar passeios e manejo em horários de pico de sol.

As peças gráficas da campanha abordam características específicas e buscam estimular a adoção de rotinas que auxiliem a manter o conforto térmico durante toda a estação de altas temperaturas.

Para fazer o download gratuito da campanha, basta clicar aqui

Dicas para pets

- Não deixe a comida exposta para que não fique com uma temperatura desagradável ou estrague.

- A casa deve oferecer locais de conforto para que os pets possam se refugiar do sol.

- Muitos cães apreciam sucos naturais, com consumo moderado. O de melancia, por exemplo, além de refrescante, tem alto teor de água.

- Evite passeios em horários de sol muito forte. Cães com focinho curto, por exemplo, passam por desconforto respiratório e podem desenvolver doenças graves se submetidos a atividades físicas no calor.

- O coelho e o porquinho-da-índia são muito sensíveis ao calor. O mais indicado é deixá-los em ambiente que não passe dos 28ºC. Por isso, o adequado para a prevenção de qualquer problema é alojá-los em ambientes climatizados.

- Peixes necessitam de água limpa sem cloro, ração apropriada, filtração e iluminação. É preciso estar ciente de que cada espécie de peixe necessita da temperatura da água ideal para uma vida saudável.

Dicas para animais de grande porte e produção

- A temporada exige um manuseio com água em abundância para manter a hidratação dos animais, que aumentam muito o consumo de líquido durante o verão.

- O controle do odor para conter as moscas também é fundamental, já que aumentam nesta época.

- Os animais devem estar sempre em um local fresco, com sombra e água à vontade e fácil acesso.

- A altura dos pelos deve ser monitorada para não ficar cumprida a ponto de superaquecer, nem tão curta para que a pele não fique exposta ao sol.

Fonte: Redação.