Marketing de incentivo: uma solução inteligente

19/07/2018


Com tanta tecnologia, robôs executando tarefas, até então, somente possíveis de serem realizadas por humanos, e tantas outras atribulações de um dia a dia de trabalho, o marketing de incentivo acabou se tornando  uma poderosa ferramenta para incentivar o seu colaborador.

Não é possível manter os colaboradores motivados a maior parte do tempo, afinal, mágica não pode ser feita no mercado organizacional, porém, algumas atitudes simples podem ajudar a deixar o ambiente de trabalho mais prazeroso, e, o mais importante, mais rentável.

Gestores de empresas de todos os tamanhos quebram a cabeça para descobrir como fazer que sua equipe de vendas melhore o desempenho, como estimular seus fornecedores a dar mais destaque aos seus produtos ou como atingir os objetivos e metas da organização de maneira mais eficiente e eficaz.

Baseado no tripé motivação, reconhecimento e recompensa, o marketing de incentivo reúne um conjunto de ferramentas cujo objetivo é gerar motivação e entusiasmo nos envolvidos - funcionários, clientes, fornecedores ou parceiros da empresa.

A estratégia engloba campanhas de incentivo, endomarketing, planos para fidelização, workshops, eventos, viagens, entre outras ações que permitem, dentro da melhor relação custo/benefício, atingir objetivos e metas da organização.

Um ponto que merece ser destacado é o caráter sustentável das ações, já que seu custo é coberto com os resultados obtidos ou com o aumento do lucro da organização.

Apesar de poder serem aplicadas a qualquer setor da empresa, as ações de marketing de incentivo geralmente estão voltadas para as equipes de venda, distribuição e revenda, departamentos mais intimamente relacionados à comercialização dos produtos ou serviços oferecidos pela companhia.

Essa estratégia é adotada com muito sucesso quando o objetivo da empresa é aumentar suas vendas e receitas, diminuir custos, reduzir estoques, lançar novos produtos, conquistar e fidelizar clientes, bater metas, aumentar a performance e a produtividade, e, claro, reter talentos. Afinal, com os colaboradores realmente motivados e engajados, é muito mais provável que as metas sejam atingidas.

É importante também ressaltar que a competição promovida por esse tipo de ação deve ser saudável, a fim de não prejudicar as relações e o clima organizacional.

Da mesma maneira, para que a estratégia se mostre efetiva, é necessário oferecer premiações que sejam realmente desejadas pelos colaboradores, proporcionando experiências e distribuindo bens que os funcionários teriam dificuldades de conseguir ou vivenciar por conta própria.

Afinal de contas, quem se sentirá motivado a bater uma meta quando o prêmio oferecido por isso não é nada atrativo?

Como desenvolver uma estratégia

Uma máxima precisa ficar bastante clara: o marketing de incentivo não trará resultado algum se não estiver baseado na motivação, no reconhecimento e na recompensa, princípios pra lá de básicos nesse contexto.

Para que tudo saia conforme o desejado, é preciso seguir alguns passos:

- Diagnóstico: Qual o motivo da criação da campanha de incentivo, qual o público-alvo e qual a cultura da empresa?

- Planejamento: Etapa da definição de objetivos, metas, regulamento, premiação, métricas de avaliação, prazos e ações motivacionais do público-alvo. Lembrando que aqui é importante estabelecer metas que sejam realistas, podendo ser efetivamente alcançadas.

- Lançamento: Momento de lançar a campanha de motivação, mostrando-a ao público-alvo. É a hora em que o engajamento das pessoas acontece, uma vez que elas percebem o quanto a empresa valoriza, reconhece e aposta em seus colaboradores.

- Motivação: Durante todo o período da campanha, os colaboradores envolvidos devem ser continuamente motivados a perseguir as metas propostas. Nesse sentido, dar feedbacks constantes sobre o desempenho de cada um é uma maneira bastante efetiva de estimulá-los a se manterem motivados.

- Premiação: Essa etapa merece a mesma atenção dada ao lançamento. Organizar um evento em que os colaboradores que atingiram as metas são premiados, demonstrando o quanto a empresa os valoriza, é bastante recomendado.

- Relatório final: Aqui é o momento de comprovar os resultados reais das ações de incentivo. O que a empresa ganhou com a campanha?

Premiações

Os prêmios das campanhas de marketing de incentivo devem ser atrativos para o público-alvo, sob o risco de não promoverem engajamento algum. Confira abaixo algumas sugestões sobre premiação:

- Prêmios físicos: Esses podem ser eletrodomésticos, notebooks, smartphones, tablets, perfumes, dentre muitos outros. O importante é conhecer bem os funcionários da empresa e estabelecer quais serão as premiações de acordo com aquilo que eles vão de fato aproveitar.

- Pontuação: Essa é uma forma de incentivo que pode ser muito interessante para estimular funcionários. Deve ser criado um sistema que possa ser convertido em prêmios quando acumulados.

- Viagens: Elas podem ser usadas como estímulo, por exemplo, para uma equipe de vendas. Oferece-se uma viagem como recompensa para a que atingir uma determinada meta de vendas que seja muito benéfica para a empresa. É importante selecionar destinos que sejam muito atrativos e cobiçados, ou seja, lugares e experiências aos quais, pessoalmente, os funcionários dificilmente teriam acesso.

- Novas Experiências: Essas podem tanto ser radicais, como atividades esportivas inusitadas, quanto relacionadas a luxo e status. Pode-se citar como exemplos: salto de paraquedas, bungee jumping, mergulho, rapel, além de passeios como voo panorâmico, de helicóptero ou de lancha.

O mais importante em uma campanha de incentivo é estimular o relacionamento entre todos os envolvidos. A empresa precisa saber ouvir o seu colaborador, pois de nada adianta dar um prêmio se não houver um ambiente de trabalho salutar.

Outro detalhe a ressaltar, é que existem no mercado hoje, inúmeras agências especializadas em marketing de incentivo. Para ter certeza de que tudo sairá a contento tanto da empresa quanto do colaborador, o primeiro passo é conversar com um especialista.

Fonte: Redação.