Google.org e RME capacitarão 135 mil mulheres

17/06/2018


A RME e o Google acreditam que a criatividade e o desenvolvimento econômico só podem existir quando temos um ambiente diverso e inclusivo. Infelizmente, uma visão ainda não difundida e distante da realidade de muitos mercados.

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, serão necessários 100 anos para excluirmos a diferença de gênero entre homens e mulheres. Para compreender o tamanho dessa lacuna, no Brasil a taxa de desemprego é 29% maior entre mulheres em relação aos homens.

Queremos que as mulheres sejam representadas com igualdade em nossa sociedade e da mesma forma na economia. Desejamos que elas se sintam capacitadas, seguras e preparadas para aproveitar as oportunidades para crescer profissionalmente e desenvolver seus negócios.

Em 2017, realizamos dois pilotos para treinar 100 mulheres de duas grandes comunidades em São Paulo – Paraisópolis e Brasilândia. Durante os treinamentos presenciais de quatro dias, um deles totalmente dentro das comunidades, aprendemos sobre as reais necessidades dessas mulheres e aperfeiçoamos o conteúdo do treinamento para torná-lo relevante para elas.

Dessa experiencia nasceu um programa para capacitar mulheres brasileiras desfavorecidas a criar sua própria oportunidade econômica, tornando-as confiantes e preparadas para que no futuro aproveitem os recursos da Era digital, seja abrindo um negócio ou encontrando um emprego.

Desenvolvida em parceria com o Google, a iniciativa já capacitou 500 mulheres este ano em sessões no Google Campus São Paulo e mais de 2000 em Teresina e Brasília, em um treinamento que é parte do "Cresça com o Google". Nosso objetivo é treinar dez mil mulheres até o fim do ano.

“Acreditamos que quando investimos em mulheres, elas contribuem dando um retorno à sociedade. Elas investem na educação dos filhos, no bem-estar das comunidades onde vivem e na construção de um mundo mais igualitário.”, afirma Ana Fontes, fundadora e CEO da Rede Mulher Empreendedora.

Para acelerar a redução da desigualdade econômica entre homens e mulheres no Brasil, o Google.org realizou uma doação de ao Instituto Rede Mulher Empreendedora. Esse investimento será usado para treinar 135 mil mulheres em todo o Brasil nos próximos dois anos.

“Esperamos que com esse investimento o Instituto Rede Mulher Empreendedora tenha fôlego para agilizar essa mudança fundamental para o país. Eliminando a lacuna de gênero, o Brasil contaria com um PIB 30% maior. Todos têm a ganhar com o desenvolvimento das mulheres.”, afirma Susana Ayarza, diretora de Marketing do Google Brasil.

Fonte: Redação Promoview.