“Garota da água” processa a Fuji Water

04/02/2019


No plot twist da história, a modelo alega que foi pressionada a assinar um contrato falso que autorizava o uso de sua imagem na campanha.

Mais um capítulo da história que foi o verdadeiro destaque do Globo de Ouro desse ano (até porque, a premiação…): a ação de marketing de emboscada da Fiji Water que promoveu a água por meio de uma série de photobombing de uma modelo nas fotos dos famosos que passaram pelo tapete vermelho da premiação.

Leia também: Marketing de emboscada: A Fiji se deu mal.

A modelo conhecida como Kelleth Cuthbert, que na verdade se chama Kelly Steinbach, está processando a Fiji Water Company e a The Wonderful Company, alegando que eles criaram uma campanha de marketing usando sua imagem sem sua autorização.

De acordo com o Hollywood Reporter, a modelo afirma que foi “pressionada” a “assinar seus direitos de imagem como ‘Fiji Water Girl'” para permitir que a empresa usasse sua foto na campanha de marketing.

Segundo a advogada de Kelly: “O documento falso que Steinbach assinou no potencial vídeo promocional não era um acordo. O documento falso não foi assinado pelo Fiji Water e mais tarde foi destruído por Steinbach.”

Em declaração oficial, um porta-voz da Fiji Water classificou a ação como “frívola” e “inteiramente sem mérito.”

A ação da Fiji Water foi improvisada durante o Globo de Ouro. O combinado com a fotógrafa Stefanie Keenan da Getty Images Studio, era tirar fotos das celebridades segurando ou bebendo a água Fiji, mas como estava frio e os artistas não estavam ligando para a água, a fotógrafa teve a ideia de aproveitar a modelo, que estava ali só para entregar as águas, colocando-a estrategicamente atrás das celebridades.

Fonte: Redação.