Celebridades se unem em prol da Viva e Deixe Viver

14/02/2019


Paulo Vilhena, Marco Luque e Léo Picon são os primeiros a associar suas imagens à ação de marketing social “Um milhão de amigos”, em prol da sustentabilidade da Associação dos Contadores de História para crianças e adolescentes hospitalizados.

Nesta semana, o ator Paulo Vilhena estreará num novo papel: ele será a primeira celebridade da campanha “Um milhão de amigos”, que a Associação Viva e Deixe Viver está lançando para apresentar seu trabalho e conquistar adesões em todo o Brasil.

Leia também: Internautas querem mais conexão humana das marcas.

A iniciativa já tem o apoio de outras personalidades, entre elas, o ator e humorista Marco Luque e o influenciador e youtuber Léo Picon, cujos vídeos poderão ser vistos nos diferentes canais digitais da entidade, nas próximas semanas:  #Viva1MilhaoDeAmigos; #Doe10Reais#VivaeDeixeViver; #PaulinhoVilhenaAcreditaNaVivaedeixeviver; https://www.vivaedeixeviver.org.br/1-milhao-de-amigos.

A meta da campanha é conseguir doações individuais de R$ 10 por ano. “Para a Viva, é mais importante apresentar os resultados de 21 anos de atuação, levantando a bandeira do voluntariado responsável, que tem contribuído para um maior bem-estar de crianças e adolescentes hospitalizados.”, observa Valdir Cimino, fundador e presidente da Viva. Ao longo do ano, mais celebridades devem se juntar ao projeto.

“Queremos fazer um convite também para que nossos voluntários se unam à iniciativa, fazendo seus próprios vídeos e postando em suas redes sociais. Essa ‘viralização’ será o melhor indício do sucesso desta empreitada.”, acrescenta Cimino. 

Entre as conquistas da Viva, está a comemoração da marca de 2 milhões de pessoas impactadas, desde sua fundação, com a promoção da literatura infantojuvenil e da arte de contar histórias, em uma atividade que acolhe bebês, crianças, adolescentes, seus familiares e equipes multiprofissionais.

“Conseguimos resultados transformadores na educação, cultura e saúde. No mercado editorial, investimos na produção de conteúdo, tendo como público-alvo nossa rede de voluntários, estudantes e profissionais da saúde, cultura, artes e educação. Em nossa luta pela Humanização da Sociedade, nos tornamos referência e paradigma para outras entidades, promovendo eventos e pesquisas que indicam os melhores caminhos a serem trilhados para oferecer um serviço acolhedor, digno e de qualidade a todos.”, enumera Cimino.   

Contando atualmente com 1.357 voluntários, as ações da Viva impactaram 223.745 pessoas, entre crianças, familiares e profissionais de saúde, em 14.595 atuações nos 91 hospitais parceiros, de acordo o Balanço Social de 2017. Veja aqui.

A Associação Viva e Deixe Viver conta com o apoio de empresas e pessoas físicas para a manutenção e expansão de suas atividades.

“Quem quiser abraçar a nossa causa, agora tem uma nova oportunidade, realizando doações por meio da campanha 1 milhão de amigos. Certamente, essa corrente ficará ainda mais forte, com o apoio não apenas das celebridades que acreditam em nosso trabalho, mas de pessoas de todo o Brasil, que agora podem fazer parte de grande legião de amigos.”, finaliza o presidente da Viva.

 

 

Fonte: Redação.