Algumas práticas indispensáveis para gerir pessoas

21/06/2019


Os gestores de equipe enfrentam desafios constantes para manter os colaboradores produtivos, motivados e engajados em busca dos melhores resultados.

Tendo isso em vista, seguem algumas práticas indispensáveis para gerir pessoas e reter talentos:

Lembre-se a conquista não é sua, é do time.

Que tal demonstrar a todos o quanto foi importante o desempenho de cada um? Quando o gestor reconhece o bom trabalho realizado, ele incentiva a busca por resultados futuros e aumenta a motivação, uma vez que os colaboradores têm necessidade de reconhecimento para se sentirem valorizados.

Descontração faz bem.

Uma organização que deseja reter seus talentos e garantir que os colaboradores estejam motivados, precisa investir para manter o ambiente de trabalho descontraído e confortável.

O bom relacionamento entre os colaboradores cria um valor a mais para a empresa na visão dos profissionais, já que o bem-estar e as amizades criadas fazem com que o dia a dia se torne menos cansativo e estressante.

Desapegue. Confie. Descentralize.

Delegar funções é uma prática benéfica tanto para o gestor quanto para seus colaboradores. O profissional que divide responsabilidades com a equipe consegue melhorar sua gestão de tempo e se empenhar em atividades importantes que levem ao crescimento da empresa.

Já na visão do colaborador, receber funções ajuda no crescimento profissional e valoriza o trabalho desenvolvido perante a empresa, trazendo para ele uma estabilidade de trabalho.

Treine e desenvolva.

Os treinamentos e as oportunidades de crescimento que a empresa oferece a seus colaboradores são extremamente valorizados para quem busca uma carreira de sucesso. Assim, além de contar com profissionais atuando nos mais altos padrões de qualidade, a organização terá, como diferencial competitivo, uma equipe engajada em busca do próprio crescimento e que sabe reconhecer os investimentos feitos.

Crie um plano de carreira.

O plano de carreira deve ser criado pelo gestor para motivar o colaborador a seguir carreira na empresa e buscar o seu crescimento. A maneira correta de realizar esse planejamento é alinhar os objetivos da organização às metas profissionais do colaborador.

Após estipulados os caminhos que o colaborador deve seguir para conseguir seu crescimento, o gestor deverá realizar o acompanhamento e reavaliar o plano conforme a necessidade.

Estipule metas.

Colaboradores que atuam sem metas desafiadoras não se sentem motivados a buscar bons resultados e acabam perdendo o estímulo, mesmo que sejam bons profissionais. Os objetivos estipulados permitem que o colaborador descubra novas habilidades e acredite mais em si mesmo.

Essa autoestima elevada proporcionada pelas metas faz com que a busca por crescimento seja contínua e que os resultados da empresa melhorem a cada dia.

E por último e não menos relevante...

Flexibilize!

Em meio a tantas gerações, x, y, e tantas outras que ainda surgirão, criadas em meio a inúmeras inovações tecnológicas e acostumadas a estímulos variados, as pessoas realizam, cada vez mais, múltiplas tarefas, e isso é um ponto de atenção!

Podemos ignorar o fato e lidar com pessoas infelizes em busca da felicidade, que tendem a mudar de agências, carreiras, país ou devemos repensar a forma de trabalhar, flexibilizando horários, apostando em home offices, estimulando atividades paralelas ou até mesmo hobbies desses colaboradores. Ou seja, investir em uma melhor qualidade de vida para eles, com a certeza de que serão pessoas mais felizes, refletirá em um ambiente muito mais produtivo e com novos insights e novos pontos de vista.

 

Por Rose Gomes.

TAGs: artigo rose-gomes