No dia 2 de dezembro, o Red Bull Station recebe a sétima edição do Lambes na Laje, plataforma que fomenta e difunde o formato lambe-lambe por meio de feira, oficinas, palestras e espaço de produção e discussão com artistas.

Feira de lambe-lambes realiza edição no centro de SP

24/11/2017

No dia 2 de dezembro, o Red Bull Station recebe a sétima edição do Lambes na Laje, plataforma que fomenta e difunde o formato lambe-lambe por meio de feira, oficinas, palestras e espaço de produção e discussão com artistas.

Com curadoria de Nancy Betts junto à equipe Lambes na Laje e realização da produtora MOVA, o evento toma conta de todos os andares do prédio durante um dia inteiro: das 11h às 22h.

Este ano, além de reunir mais de 70 artistas oferecendo suas obras a preços que vão de R$ 25 a R$ 125 na já tradicional feira de lambes (selecionados por inscrições), o evento organiza, ainda, a oficina aberta chamada "Lambe-Letras", ministrada pela gráfica Fábrica. Nela, os participantes poderão criar seus próprios cartazes utilizando sets tipográficos compostos por carimbos e tipos móveis. Os interessados devem se inscrever na hora.

Segundo a curadora Nancy Betts, a ideia de criar a feira há sete anos surgiu de um gosto antigo de trabalhar com artistas jovens e com uma linguagem artística que ainda era bem pouco conhecida. “Nesses sete anos, muita coisa mudou. Saímos de um espaço pequeno para um bem maior e temos muito mais artistas, jovens e mais velhos, interessados em fazer esse tipo de arte. Além disso, há um interesse maior de pessoas que consomem formas artísticas que fogem do mainstream”, diz. Outra vantagem de ter uma feira de lambes é a democratizar o acesso à arte. “Os lambes são baratos. É muito fácil levar o seu pedaço de arte para casa”, finaliza.

Como um dia inteiro de atividades pede também uma pausa para recarregar as energias, o Red Bull Station preparou uma feirinha com comidinhas na laje comandada pelo Coletivo P.U.R.A. em parceria com o projeto Comida Invisível.


Fonte:: Redação