Zizito foi o nome escolhido para o mascote da Copa América

15/04/2019


Torcedores batizaram a simpática capivara em votação realizada no Facebook e Twitter. Nome é uma homenagem ao ex jogador brasileiro Zizinho.

Com 65% dos votos, Zizito foi o nome escolhido para batizar a mascote da Conmebol Copa América Brasil 2019.

O melhor do marketing esportivo está aqui.

Leia também: CBF e Nike celebram 100 anos da 1ª conquista da Copa América.

Os fãs do futebol que participaram das enquetes promovidas nos perfis @copaamerica no Facebook e Twitter, encerradas no início da tarde de sexta-feira, dia 12/04, optaram pelo nome que homenageia o ex jogador brasileiro Zizinho, o mestre Ziza.

Já a outra opção, Capibi, uma exaltação aos povos indígenas da América do Sul, conquistou 35% dos votos.

Zizinho é até hoje o artilheiro máximo da Conmebol Copa América com 17 gols, ao lado do argentino Norberto Méndez. Como na língua espanhola o sufixo “ito” é designado para a forma diminutiva, chegou-se ao nome Zizito, que agora oficialmente batiza a simpática e amável capivara, símbolo da 46ª edição do torneio mais antigo de seleções do mundo.

Zizito é uma homenagem ao lendário jogador Zizinho (Foto: Alexandre Loureiro).

“Para explicar aos mais jovens o que significou e a grandeza do Zizinho na história do futebol, basta dizer que ele é o ídolo do Pelé. Os fãs de futebol do mundo inteiro, sem dúvida, fizeram uma excelente escolha, que tem tudo a ver com o futebol brasileiro, sul-americano e mundial. E foi uma opção difícil, porque Capibi, uma homenagem aos indígenas, era outra excelente opção.”, festejou Thiago Jannuzzi, gerente-geral de Competição do Comitê Organizador Local da Conmebol Copa América Brasil 2019.

“O nome escolhido pelos fãs do futebol combina a paixão pelo futebol, a história da nossa Copa América, a alegria e nobreza da nossa mascote. O Zizito não será apenas a imagem da Conmebol Copa América Brasil 2019, mas também trará diversão, ternura e alegria aos torcedores que presenciarão um torneio único e histórico., comentou Hugo Figueredo, diretor de Competições de Seleções da Conmebol.

A inspiração para a escolha da capivara como mascote da Conmebol Copa América Brasil 2019 veio da fauna sul-americana. Dos animais mais amigáveis e presentes no continente, a capivara é conhecida por ser a mais sociável e por conviver, pacificamente, com outras espécies ao seu redor.

Maior roedor do mundo e habitante das margens dos rios, a capivara é um mamífero herbívoro que pesa entre 20 e 80kg e tem pelagem densa e geralmente marrom. Vive em famílias de, em média, sete a dez capivaras, podendo chegar até a grupos de cem animais. O tempo de vida de uma capivara vai de 6 a 12 anos.

Desde que foi anunciada como mascote da Conmebol Copa América Brasil 2019, no dia 5 de abril, a capivara Zizito já percorreu vários pontos turísticos do Rio de Janeiro, uma das cinco cidades-sede.

Foi às praias de Copacabana e Ipanema, conheceu a Lagoa Rodrigo de Freitas, tradicional reduto de animais da sua espécie, e se emocionou ao ser festejada no gramado do palco da final da competição, o Maracanã, por torcedores de Flamengo e Fluminense antes do confronto pelas semifinais do Campeonato Estadual, no dia 6.

Zizito também conheceu o Museu da Seleção Brasileira, recepcionada pela mascote da Seleção, o Canarinho. 

 

Fonte: Redação.

TAGs: conmebol copa-américa evento-esportivo marketing-esportivo