Uefa define estádios para finais da Champions de 2021 a 2023

23/09/2019


Escolhidos pela entidade foram São Petersburgo, Allianz Arena e Wembley.

A Uefa aproveitou o início da fase de grupos da temporada 2019/2020 da Champions League no dia 17/09, para definir as cidades e estádios escolhidos para receber a grande final do torneio entre 2021 e 2023.

O melhor do marketing esportivo está aqui.

O anúncio oficial deverá ser feito na próxima terça-feira (24), em uma reunião da entidade marcada para Ljubljana, na Eslovênia.

A final da temporada 2020/2021 será disputada no Estádio de São Petersburgo, na Rússia, que pertence ao Zenit. No ano seguinte, será a vez da Allianz Arena, estádio do Bayern de Munique, da Alemanha, receber a partida. Depois, em 2022/2023, a partida será no lendário Wembley, em Londres, na Inglaterra.

Esta é a primeira vez que a Uefa decide as cidades e estádios das próximas três temporadas de uma vez. O objetivo é trabalhar a longo prazo e dar mais tempo aos anfitriões para se prepararem para os jogos.

Um fato que chama atenção é que os três estádios ultrapassam os 63.272 lugares de capacidade do Estádio Wanda Metropolitano, em Madri, que recebeu a partida na temporada 2018/2019.

Na atual temporada, a decisão será no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, na Turquia, que comporta 76.092 espectadores.

Dos três estádios, o único que nunca recebeu a final da Champions é o de São Petersburgo. A Allianz Arena já foi sede em 2012, quando o Chelsea obteve seu único título, enquanto Wembley aumentará ainda mais sua vantagem como maior anfitrião da partida com a oitava decisão.

As duas últimas foram na década atual, em 2011 e 2013. Inaugurado em 1923, o tradicional estádio de Londres completará seu centenário justamente no ano em que foi escolhido mais uma vez pela Uefa.

Fonte: Máquina do Esporte.

TAGs: evento-esportivo uefa uefa-champions-league