Force India na mira da Rich Energy

25/02/2018


O mundo da Fórmula 1 continua cheio de novidades. Dessa vez, é a empresa de bebida energética Rich Energy está em negociações para comprar a Force India. De acordo com o Daily Mail, a marca está à frente do consórcio que avalia investir um total de US$ 280 milhões (ou £ 200 milhões) para a aquisição da mesma.

A possível entrada da Rich Energy pode acirrar a disputa entre empresas do mesmo segmento na Fórmula 1. Hoje, a Red Bull, pioneira no setor, possui ampla história na categoria e veria uma concorrente desfrutar de exposição onde até então reinava.

A notícia chega no exato momento que o proprietário da equipe, Vijay Mallya, busca vender a Force India enquanto luta contra a extradição para não voltar ao seu país de origem, a Índia. Mallya foi preso pela polícia britânica no ano passado e está sendo perseguido por autoridades indianas acusado de lavagem de dinheiro. Por lá, os Bancos exigem que ele pague os empréstimos feitos para sua já extinta companhia aérea.

Se confirmada a venda, a Force India se tornaria apenas a segunda equipe de propriedade britânica (além da McLaren). Atualmente, a Rich Energy se faz presente na modalidade com alguns patrocínios pontuais no automobilismo. Na F1, ela é uma das apoiadoras do GP de Mônaco. A marca tem como um dos proprietários e embaixador o inglês Rob Lee, ex jogador com passagens por Newcastle, West Ham, entre outros clubes.

Fonte: Redação.